Entre tantas previsões do que será moda, o estilo industrial volta mais uma vez a ser a estrela maior no campo da decoração e arquitetura

Com mais uma virada de década pudemos conferir diversas mudanças em termos de tendências, cores e estilos na decoração. O ano de 2020 ainda nem chegou, mas já promete novidades na hora de criar e montar um espaço único em casa. Nesta virada, somam-se previsões do que será moda e antecipando um dos movimentos, o estilo industrial volta mais uma vez a ser a estrela maior no campo da decoração e arquitetura.

Não é de hoje que o estilo industrial vem conquistando corações por onde passa. Até os mais conservadores já optam por utilizar uma peça ou outra que remeta à tendência. Aos interessados em deixar a casa mais “moderninha” pode-se inserir pequenos detalhes, como estruturas metálicas personalizáveis ou até painéis em madeira mais escuras, que ficam bem em qualquer espaço e trazem o industrial ao lar.

Promovendo um espaço mais retrô, a parede de tijolinhos pode proporcionar um clima despojado incrível, isso além de combinar muito bem com peças em madeira, por exemplo. A iluminação somada a espaços integrados pode agregar o industrial de forma mais contemporânea e elegante. No geral, a maior vantagem deste estilo é a liberdade na hora de criar o décor e o que não faltam são inspirações sensacionais acerca do tema.

Para Simone Lima, proprietária da Idélli Planejados, em Brasília, estar sempre à frente das novidades é uma das premissas da marca e o estilo industrial é, sem dúvidas, uma das apostas de 2020. “Por ser eclética, atemporal e moderna, essa é uma das tendências mais animadoras para nós. Temos propostas incríveis dentro desse contexto e acreditamos que o ano de 2020 será inovador para a decoração e arquitetura”, explica.

Artigo anteriorClima pesado nos bastidores da Record
Próximo artigoPaulo Lins e Silva diz que Legislativo só quer atender interesses do Executivo
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.