O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, durante a cerimônia de transmissão do cargo

De acordo com o presidente da estatal, o resultado foi atingido mesmo com a política de redução de juros

A Caixa Econômica, mesmo com a economia balançando, teve o maior lucro da sua história em 2019, é o que afirma o presidente da estatal, Pedro Guimarães, nesta quinta-feira (2). Segundo ele, o resultado foi atingido mesmo com a política de redução de juros.

“Nossa preocupação não é só prestar um serviço de qualidade, que é fundamental, mas reduzir as taxas para as pessoas em geral, e nós terminamos 2019, mas só anunciamos em fevereiro, com um resultado recorde em termos de lucro (…) Não posso colocar o número, até porque o número não fechou, mas será o maior lucro da história da Caixa. Então a gente mostra matematicamente que pode reduzir os juros e pode ser lucrativo ao mesmo tempo”, apontou Pedro.

O presidente da Caixa explicou ainda que a instituição ganhou mais de 1 milhão de clientes nos últimos seis meses e que pretende continuar repassando qualquer redução nas taxas de juros aos correntistas.

“Qualquer redução no Banco Central implica em redução tanto no cheque especial, quanto no rotativo do cartão, no CDC e no crédito imobiliário (…) Quanto menor a taxa Selic, menor o custo de funding do banco e, por consequência, nós na Caixa Econômica Federal, vamos repassar parte disso para os clientes, para a sociedade, porque isso é uma política que nós estamos fazendo e já ganhamos mais de 1 milhão de clientes nesses últimos seis meses, desde que nós começamos a reduzir os juros”, destacou.

Artigo anteriorFamosos passam Réveillon em Jericoacoara
Próximo artigoMúsica no Museu abre temporada 2020
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.