De estagiário a chefe

É hora de aproveitar as oportunidades. De acordo com o Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), foram abertas 108.335 vagas de estágio só no primeiro semestre de 2021. Há empresas apostam nos universitários para identificar talentos e formar futuros líderes

Celebrado no dia 18 de agosto, o Dia do Estagiário ressalta a importância das primeiras experiências profissionais para o desenvolvimento das carreiras. Mais do que permitir a vivência na prática dos conteúdos acadêmicos, propiciando mais conhecimento e atitudes relacionadas a cada função, ele também é a porta de entrada para o mercado de trabalho. Empresas como o  Grupo Toctao apostam no estágio como oportunidade para encontrar futuros líderes. Cerca de 90% dos engenheiros que lá atuam foram vinculados, inicialmente, como estagiários e depois construíram carreira.

O engenheiro Guilherme Rodrigues hoje é o coordenador de obras e iniciou na empresa como estagiário.  ­­“Cheguei aqui há 11 anos. Fui estagiário, auxiliar de engenharia, fiquei oito anos como engenheiro e desde setembro do ano passado, trabalho na função de coordenação. A porta aberta a mim no início da minha experiência profissional me proporcionou todas essas conquistas, afirma ele.

Para ele, lidar com os desafios cotidianos  de uma obra foi muito importante na época do estágio e considera essa fase uma via de mão dupla, em que tanto ele como a empresa ganham. “O estagiário vai aprender e auxiliar o engenheiro e as equipes a realizarem obras bem feitas, de qualidade, dentro do custo. Nesse processo, ele aprende também a cultura da empresa e se torna um perfil interessante para ser contratado futuramente”, declara.

Programa de estágio

Para agregar a experiência, o programa de estágio do Grupo Toctao viabiliza treinamentos e a troca de conhecimento com outros funcionários das empresas, que somam na bagagem curricular e de experiência do futuro profissional.

Essa foi a situação vivida por Mariana Ribeiro, de 29 anos, estagiária e posteriormente efetivada no Grupo Toctao, no departamento de Sistema de Gestão Integrado e Pós-obra. Segundo ela, no próximo mês de outubro completará 10 anos na empresa. Nesse período, cumpriu dois anos e meio de estágio e, desde março de 2014, atua como engenheira civil no grupo.

“Como estagiária do grupo, pude participar de diversos cursos e treinamentos oferecidos, além de atividades voluntárias apoiadas pela empresa. Visitei diversas obras, sempre participei de reuniões com a diretoria da empresa e outros departamentos de obras, o que acrescentou muito. Aprender diretamente com os diretores e coordenadores, vivenciar tudo isso, com certeza foi essencial para meu desenvolvimento pessoal e profissional”, completa Mariana, sobre a experiência no Grupo Toctao.

Em sua visão, o estagiário que vê seu trabalho, esforço e dedicação sendo reconhecidos, se torna ainda mais comprometido e motivado para continuar sua trajetória na empresa, buscando sempre crescer e trazer bons resultados.

Incentivo a ser melhor

Estudante do sétimo período de Engenharia Civil, Victor Franco, de 22 anos, é estagiário da obra do condomínio Plateau D’or desde janeiro de 2020 e também aspira a continuidade na empresa. “Espero contribuir bastante. Me identifico muito com o modo de trabalho e me sinto motivado a me envolver cada vez mais com as atividades que tenho de desenvolver, me sinto cada vez mais interessado pela profissão”, afirma ele.

O jovem ressalta o processo de aprendizagem pelo qual passa no local de trabalho. “A empresa preza muito pela aprendizagem dos estagiários. Os engenheiros se preocupam muito em saber se nós estamos compreendendo como são feitos os serviços, reforçando sempre a qualidade, meio ambiente e segurança. A própria política de incentivo estabelecida pela Toctao nos motiva e faz com que eu me dedique mais a cada dia”, conclui Victor.

 

Vinkmag ad

Redação

Read Previous

Decoração: cores para acolher em casa

Leia a seguir

Confinada

setembro 24, 2021