Produção e Fraternidade” também quer arrecadar doações para a compra da mobília e a construção de um refeitório no local

 Na quarta-feira dia 27 de novembro, a Organização Humanitária Fraternidade Sem Fronteiras lançou uma nova campanha para arrecadar doações com o objetivo de construir uma escola na aldeia de Muzumuia, na África.

A “Educação e Fraternidade” partiu de uma iniciativa partiu do Dj Alok, padrinho da Ong, e tem como meta chegar ao valor de 250 mil reais. O dinheiro será usado para a construção do prédio, de um refeitório e a compra dos materiais para o uso do local, como cadeiras, mesas e material de aulas. “A campanha “Educação e Fraternidade” quer levar para as crianças acolhidas pela FSF a esperança de um futuro diferente com base na educação e estruturar os centros de acolhimento com mais equipamentos”, explicou o diretor de relações públicas, Andrei Moreira, que acompanha o artista na viagem à África.

As doações podem ser feitas a partir de 10 reais no link https://fraternidadesemfronteiras.colabore.org/vaquinha/single_step

DJ Alok na África

Esta é a quarta vez que o Dj Alok está na África acompanhando projetos da Fraternidade Sem Fronteiras. No ano passado, nesta mesma época, ele fez um show para dez mil pessoas e doou todo o cachê para a Fraternidade Sem Fronteiras. Foram 400 mil reais destinados à construção de uma escola na aldeia 7 de Abril, em Moçambique. O local não tinha estrutura para receber os alunos, por isso, foi feita a construção de um novo prédio. Hoje atende mais de 1.500 crianças.

“A jornada na África é a mais intensa da minha vida. É um choque de realidade. Fico impressionado com tudo que vivo aqui. Para onde você olha tem crianças andando sozinhas. O mais velho cuidando do mais novo porque a maioria é órfã. Elas não vivem, sobrevivem”, relata Alok sobre as experiências no continente africano. E complementa dizendo do trabalho sério e comprometido da Fraternidade Sem Fronteiras em todos os dez projetos da instituição. “Eu faço questão de abraçar esta causa e ir até o fim com eles porque eu vejo o quanto é eficiente e importante na vida dessas crianças”, complementa o Dj.

Mais informações podem ser obtidas pelo site www.fraternidadesemfronteiras.org.br e pelas redes sociais: instagram, facebook, youtube e twitter. 

Artigo anteriorDiego Cosac comemora aniversário com amigos
Próximo artigoGracia Cantanhede toma posse na Academia de Letras de Brasília
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.