Espetáculo Conte Lá Que Eu Canto Cá chega em Samambaia e Sol Nascente

Espetáculo Conte Lá Que Eu Canto Cá chega em Samambaia e Sol Nascente

Espetáculo Conte Lá Que Eu Canto Cá chega em Samambaia e Sol Nascente

Peça cênico-musical que reúne Adriana Nunes, Marcello Linhos, Nelson Latif e Marcelo Lima fala sobre sertão plural brasileiro. Gratuito.

Causos e contos, toadas e modas, histórias cantadas, músicas entoadas. A atriz Adriana Nunes e o músico Marcello Linhos, ambos da Companhia Os Melhores do Mundo, se juntam aos músicos Marcelo Lima e Nelson Latif para lançar um novo olhar sobre o sertão do País. Com direito a sotaques variados e a um cenário lúdico que visa encantar jovens, adultos e a terceira geração. Após rodar o Brasil, passar por Moçambique, África do Sul e ser sucesso de público em Ceilândia, o espetáculo cênico-musical Conte Lá Que Eu Canto Cá chega a Samambaia onde estará em cartaz no dia 8 de dezembro, quarta-feira, às 9h30, 15h e às 20h no Complexo Cultural de Samambaia (Centro Urbano de Samambaia Sul). Logo após passará por Sol Nascente nos dias 15 e 16 do mês, sempre às 20h, na sala do Teatro do Centro de Artes e Esportes Unificados Céu das Artes (Via de Penetração Praça da Caixa Forte QR 0, 7”S). Gratuito. Livre para todos os públicos.

E os atores e músicos estão agendando para receber escolas, ONGs e demais plateias e interessados em assistir essa produção que fala dos sertões brasileiros. Agendamento via WhatsApp: (61) 99400-8716.

Causos goianos do hilário Geraldinho de Goiás lado a lado com a poesia “matuta” de Patativa do Assaré e Catulo da Paixão Cearense, entremeados pelo forró de Sivuca e o pagode de Viola de Tião Carreiro. Após percorrer 27 estados brasileiros, conquistar também o público internacional e a internet, Adriana Nunes e Marcello Linhos prometem novamente muita animação em um belo reencontro com o coração sertanejo.

“É um encontro também com o nosso sertão interior. Eu e Adriana somos filhos de mãe goiana e pai mato-grossense e temos o Centro- Oeste no sangue e uma paixão em comum pela música e histórias populares do interior do Brasil”, destaca Linhos.

E é essa identidade dos interiores do múltiplo Brasil que os dois vão mostrar com muita atuação e, também, um som de raiz ao lado dos também músicos Marcelo Lima e Nelson Latif.

“Como somos naturais de Brasília, ainda tivemos o privilégio de conviver com todas as culturas em um único lugar que recebeu povos de todos os estados e se transformou em uma cidade rica em diversidade cultural”, ressalta Adriana Nunes.

Além de sessões abertas ao público, a produção educativa visa atingir as escolas do Distrito Federal que terão sessões especiais e uma bela aula sobre a identidade do Brasil de raiz.

“Todos os interessados pela cultura regional como literatura de cordel, música caipira, contos, poesia matuta, moda sertaneja, toadas e demais manifestações da cultura de raiz vão curtir e aprender conosco, de forma leve, e dar boas gargalhadas. Queremos levar arte para estudantes que muitas vezes não têm acesso seja pela distância ou até pelo valor dos ingressos”, conclui Nunes.

A circulação do projeto Conte Lá Que Eu Canto Cá conta com o fomento do FAC – Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

Ficha Técnica Conte Lá Que Eu Canto Cá:

Espetáculo Cênico-musical com Adriana Nunes, Marcello Linhos,

Marcelo Lima e Nelson Latif

Gestão de patrocínio: Cléber Lopes

Diretor de produção: Magno Telles

Produção: Paula Jacobson

Serviço: Conte Lá Que Eu Canto Cá chega a Samambaia e Sol Nascente

Samambaia:

Data: 8 de dezembro, quarta-feira

Horários: 9h30, 15h e às 20h (última sessão aberta ao público)

Local: Complexo Cultural de Samambaia (Centro Urbano de Samambaia Sul)

Sol Nascente

Data: 15 e 16 de dezembro

Horário:  20h

Local:  Sala do Teatro do Centro de Artes e Esportes Unificados Céu das Artes (Via de Penetração Praça da Caixa Forte QR 0, 7”S).

Gratuito

Informações: Instagram: @marcellolinhos

Livre para todos os públicos

  • Espetáculo Conte Lá Que Eu Canto Cá chega em Samambaia e Sol Nascente
  • Espetáculo Conte Lá Que Eu Canto Cá chega em Samambaia e Sol Nascente
  • Espetáculo Conte Lá Que Eu Canto Cá chega em Samambaia e Sol Nascente

Vinkmag ad

Redação

Read Previous

Empresa realiza entre colaboradores para arrecadação de donativos para pessoas em situações de vulnerabilidade

Leia a seguir

Síndrome do Coração Festeiro: alerta para o aumento de problemas cardiovasculares no último mês do ano

janeiro 19, 2022