Todo mundo quer sair bem na foto nas festas de fim de ano. Considerado o melhor mês do ano para profissionais de beleza, salões de beleza e centros estéticos estão ampliando horário de atendimento para dar conta da demanda.

Com a chegada do fim do ano chegam também as comemorações e os planos para o ano seguinte. E para marcar o fim de um ciclo e o começo de outro, grande parte das pessoas aproveita as comemorações de Natal e Réveillon para dar um up no visual. É justamente por isso que nesta época do ano a procura pelos salões e centros de belezas cresce vertiginosamente.

A empresária Cláudia Vobeto, fundadora da franquia Majô Beauty Club, afirma que nesta época há um aumento de 40% nos atendimentos estéticos se comparado a média dos outros meses do ano. “Além das festas de fim de ano, muita gente já se prepara para as viagens de verão, hora de mostrar o corpo”, comenta.

E tem muita coisa para fazer:  atualizar o corte de cabelo, a tintura ou mechas,  refazer o design de sobrancelhas, manicure, pedicure. “Além disso, muitos clientes querem se livrar das gordurinhas adquiridas durante o ano através de procedimentos estéticos”, destaca a empresária.

Ela agregou em sua franquia tanto os serviços de salão de beleza quanto os procedimentos estéticos, totalizando 50 serviços. Para depilação e unha não é necessário nem agendar serviços e, para manter o atendimento rápido, a equipe foi reforçada. Para os demais, um aplicativo facilita o agendamento

Cláudia pontua que a depilação, drenagem, massagem redutora e até mesmo o day spa são os procedimentos mais procurados . Para ela, este é o momento onde as pessoas se dão um tempo e querem se cuidar. “Outro procedimento que está em alta são as massagens com essências especiais. Percebemos que as pessoas estão querendo dar uma pausa na correria, desestressar”, diz. A fundadora da franquia ainda ressalta que outras vantagens, como o atendimento sem hora marcada para a depilação, facilitam o acesso ao serviço.

Quem  comemora o aumento do movimento dos salões são as manicures, cabeleireiros e esteticistas, que aproveitam a oportunidade para ganhar uma renda extra, mesmo que exija ficar mais tempo no trabalho. “Eu aproveito que tem um aumento de até 50% no atendimento de fim do ano para colocar as contas em dia e comprar alguns mimos pra mim que fico namorando durante o ano”, ressalta Dejane Silva de Brito, manicure, pedicure e podóloga há 3 anos.

O cabeleireiro Roberto Arantes de Faria, também estende o horário de trabalho e afirma que o dinheiro extra que ganha com o aumento em 30% da procura ajuda a pagar as contas atrasadas e ainda sobra para aproveitar o final do ano. “É um período que a gente trabalha mais, no entanto, o retorno chega na mesma proporção”, frisa.

Artigo anteriorReveillon: Goiana quer ter paixão em 2020
Próximo artigoLoja de cosméticos ensina mulheres a se maquiarem
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.