Bsb Flash

Filme da capital federal compete em Festival Internacional de Documentários

O curta-metragem Cartas de Brasília foi selecionado para representar o evento no Distrito Federal. Diretora brasiliense, Larissa Leite Alcântara, apostou em diálogo de gerações para contar história familiar

O filme brasiliense Cartas de Brasília terá estreia mundial no É Tudo Verdade 2021 – 26º Festival Internacional de Documentários. O mais importante evento dedicado à produção não-ficcional na América Latina irá ocorrer entre os dias 8 e 18 de abril de 2021. Devido à pandemia da Covid-19, o Festival será realizado em plataformas digitais e disponibilizado de forma totalmente gratuita, com acesso da programação em todo o território nacional. Com direção e roteiro da brasiliense Larissa Leite Alcântara, o curta-metragem Cartas de Brasília irá representar a potência de documentários realizados na capital do País.

A produção integra, ao lado de oito filmes nacionais, a Competição Brasileira de Curta-Metragem. Os nove selecionados da mostra competitiva abordam temas diversos, ainda que entrelaçados pela investigação em torno da memória. A diretora celebra a estreia no festival que, coincidentemente, ocorre no mesmo mês do aniversário de Brasília.

“A nossa produção foi finalizada em 2020 e já planejávamos estrear no próximo aniversário de Brasília. É uma honra levar uma visão poética da história da cidade para ainda mais longe”, afirma potencializando um brinde à capital federal que, no dia 21 de abril, completa 61 anos.

Com classificação livre, Cartas de Brasília acompanha os passos do migrante Eliézer Alcântara Lima, pai da cineasta, em um roteiro afetivo pela cidade. Com os 11 irmãos, o maranhense deixou o interior do estado de origem para desbravar a nova capital. A jornada começou em 1968, quando a família Alcântara decidiu buscar novas oportunidades na cidade que então crescia.

Até que todos se acomodassem de vez, 20 anos se passaram. E ao longo desse período, centenas de cartas foram trocadas. Além de dar notícias, as cartas foram determinantes no incentivo mútuo para a mudança de cidade – e de vida. Eliézer foi o sexto irmão a nascer e o terceiro a se mudar para Brasília.

Após ter contato com os registros, a documentarista se motivou a investigar a história familiar em uma produção cinematográfica. “Eu lia as cartas e enxergava claramente a possibilidade do roteiro. Queria documentar a trajetória impressa ali, em papeis já desgastados pelo tempo, em movimento; em passos que voltariam ao passado e, quem sabe, trariam novos significados ao presente, à essa história particular que, ao mesmo tempo, é de tantas famílias brasileiras que apostaram em Brasília”, afirma Larissa Leite.

E para oferecer a sua versão da história, a cineasta estreante fez uma clara opção pela subjetividade. Além de revelar trechos de cartas e depoimentos de Eliézer, o curta é narrado pela própria diretora, que mergulha na memória coletiva e traz à tona suas próprias impressões. O filme ainda conta, no elenco, com todos os irmãos do protagonista.

É Tudo Verdade 2021

 A seleção do É Tudo Verdade 2021 conta com 69 títulos de 23 países. A programação em streaming de filmes, master classes e debates estará distribuída pelas plataformas Looke, Itaú Cultural, Sesc em Casa, Spcine Play e no YouTube do É Tudo Verdade e no Canal Brasil. A cerimônia de premiação acontecerá às 17h do dia 18 de abril, no YouTube do Festival.

“O documentário não foi freado nem mesmo pela pior pandemia do último século”, sustenta Amir Labaki, diretor do Festival. “Alguns olhares inesquecíveis sobre este período cruel já marcam a seleção deste ano. É também extraordinário o vigor da produção brasileira, numa conjuntura tão adversa. Uma nova safra nacional e internacional pede passagem e merece toda atenção. Mesmo inviabilizado em seu formato convivial, o É Tudo Verdade, ao lado de seus parceiros, tem a honra de apresentá-la num festival digital com o mesmo padrão de excelência de suas edições presenciais”.

A 26ª edição do Festival faz ainda uma homenagem a Ruy Guerra, no marco da celebração de seus 90 anos em agosto próximo. O Festival também apresentará um ciclo especial de documentários que traça um panorama da vida e obra do cantor e compositor baiano Caetano Veloso, de sua participação nos festivais dos anos 1960 às turnês internacionais dos anos 2000. Os filmes terão sessões na plataforma Spcine Play, com três exceções, apresentadas no Canal Brasil e no É Tudo Verdade/Looke.

Sobre o Festival Internacional de Documentários

O mais importante evento dedicado à produção não-ficcional na América do Sul foi fundado por Amir Labaki, também crítico de cinema. A primeira edição ocorreu em 1996 e, desde então, o festival tem sido realizado simultaneamente nas cidades de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), além de contar com mostras itinerantes em outras cidades brasileiras. Diante do impacto da pandemia no país, desde 2020 o festival é realizado com exibição online – priorizando a saúde, a segurança e o bem-estar de público, cineastas, equipes dos filmes, dos parceiros e do festival. O É Tudo Verdade é um evento classificatório para o Oscar®.

Serviço:

Exibição de Cartas de Brasília no É Tudo Verdade

Local: Plataforma Looke (www.looke.com.br)

Confira programação completa: É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários (etudoverdade.com.br)

 

 

 

 

 

 

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

Trio de Ouro reestreia na Casa Julieta de Serpa

Está de volta à Casa Julieta de Serpa o Chá Musical Trio de Ouro, dirigido por Carlos Alberto Serpa, com figurinos de Beth Serpa, arranjos

Unyleya oferece bolsas com até 61% de desconto para celebrar o aniversário de Brasília

Ação contempla a doação de cestas básicas para os projetos Educamar e Instituto Doando Vida No próximo dia 21 de abril, Brasília completa 61 anos.

Programa idealizado pela Setur-DF leva esperança aos empreendedores e busca impulsionar os atrativos locais e colocar a cidade na rota do turismo   Repleta de

Empresários encomendam pesquisa sobre o Polo da Praça XV

Realizada  pelo Instituto Rio21, sob encomenda da Sergio Castro Imóveis, Diário do Rio  e do Capitu Bar, pesquisa sobre o Polo da Praça XV revelou

%d blogueiros gostam disto: