“Janelas Imprevisíveis” é a segunda faixa liberada por Flavia K de seu EP ao vivo, Nítida, lançado com um single semanal.

A música, de autoria da cantora e Anete K, é a faixa-titulo do disco de estúdio de Flavia, de 2019, e aparece em Nítida com mais minimalismo que a original. Na nova versão, o vocal está mais intenso e visceral, como ela mesma define.

O EP marca nova fase na carreira de Flavia K e está sendo apresentado com uma faixa por semana, divulgada em vídeo no YouTube. O álbum audiovisual é uma linguagem inédita na discografia dela, que quis apresentar também a estética visual que faz parte de sua personalidade musical.

O cenário foi inspirado nas apresentações do Tiny Desk Concert e tem como objetos de cena vários dos LPs que influenciaram Flavia, como Elis, Elis Regina (1972); Voz e Suor, Nana Caymmi e Cesar Camargo Mariano (1983); Around the World in a Day, Prince (1985) e I Am, Earth, Wind and Fire (1979).

“Janelas Imprevisíveis” está disponível em

Ficha técnica:

Concepção: Flavia K e Julio Mossil

Produção artística/geral: Julio Mossil

Direção de arte/cenografia: Anete K

Produção: Flavio Lemos

Assistente de produção/arte: Julia Mariana Damaceno

Beleza: Gisele Braga

Cabelo (cor): Novo Arte/Rodrigo Bo

Produção executiva: Flavia K, Flavio Lemos e Julio Mossil

Vídeo:

Direção de cena e fotografia: Let Rodrigues

Operador de câmera 1: Fê Tavares

Operador de câmera 2: Let Rodrigues

Operador de câmera 3: Nicole Gonzales

Edição: Let Rodrigues

Áudio “Janelas Imprevisíveis”:

Composição: Flavia K e Anete K

Voz: Flavia K

Teclado: Diogo Ville

Captação de áudio: Julio Mossil

Mixagem: Vander Carneiro, Atelier Studio (SP)

Siga Flava K: Site oficial | Spotify | YouTube | Instagram | Facebook | Twitter

Artigo anteriorRio de Mãos Dadas
Próximo artigoMortes por doenças cardíacas sobem 132% durante pandemia
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.