Inscrições abertas para a mostra calefação de danças interativas
Artes dança

Inscrições abertas para a mostra calefação de danças interativas

O projeto Calefação – Mostra de Danças Interativas, projeto que reunirá números de dança conectada a novas linguagens, narrativas do corpo e do movimento, está com inscrições abertas para solos de dança que interajam com outros universos artísticos. Um festival híbrido com dança, pole, teatro, circo, video e muito mais, que será realizado nos dias 28 e 29 de maio, no Teatro SESC Paulo Autran, em Taguatinga, com entrada franca.

São três selecionados para cada uma das seis categorias, num total de 18, que comporão a programação da mostra e serão remunerados com cachês de R$ 500,00. As categorias são:

• Dança e Circo
• Dança e Pole
• Dança e Objeto
• Dança e Vídeo
• Dança e Teatro
• Dança + 1 (com outra pessoa, duo)

As apresentações devem ter e 4 a 10 minutos. As inscrições são gratuitas e todo o passo a passo de como fazer está no linktree do instagram @saturnocultural.

Além dos cachês, haverá premiação nas seguintes categorias:

• Prêmio TÉCNICAS AVANÇADAS EM MOVIMENTO – 1.000 REAIS
• Prêmio ORIGINALIDADE E INOVAÇÃO – 1.000 REAIS
• Prêmio AFETIVIDADE E COMOÇÃO AO PÚBLICO – 1.000 REAIS

O projeto CALEFAÇÃO – Mostra de Danças Interativas é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal – FAC/DF.

A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio. Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal, e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.