Jardim Goiás: transformação e consolidação de um bairro

Uma das regiões mais atrativas da capital, o Jardim Goiás apresenta pontos comerciais e de lazer que contribuem para que seja um dos mais consolidados da cidade. Bairro recebe um dos maiores lançamentos da região 

O Jardim Goiás passou por uma grande transformação nos últimos 20 anos. De um espaço com vazios urbanos, o bairro se tornou um dos mais valorizados e cobiçados de Goiânia. De acordo com o índice FipeZap, o Jardim Goiás é o segundo com maior preço médio de venda de imóveis residenciais registrado em agosto, com R$ 6.103/m², atrás apenas do Marista (R$ 6.759/m²). A valorização imobiliária da região está relacionada ao aumento das ofertas de serviços e de infraestrutura, como parques, shoppings e centros comerciais.

Entre os pontos de atração do bairro que deixaram a região ainda mais valorizada está a construção do Parque Flamboyant, inaugurado em 2007 e que mudou o cenário da região. De acordo com o diretor da Sousa Andrade, Murilo Andrade, o parque é um lugar de desejo dos goianienses, pois possibilita uma área de socialização e prática de atividades em um local que garante o aumento da qualidade de vida. “O que se percebeu, principalmente com a pandemia, é que as pessoas almejam estarem próximas de um parque. Tanto é que pode-se chegar até 30% a 40% de diferença do preço do metro quadrado de um apartamento com a mesma tipologia no Jardim Goiás, na comparação de quem está longe e perto do parque”, detalha.

A valorização não se restringe à existência do parque, mas também às disponibilidades de empreendimentos próximos ao parque. A proximidade de shoppings, hipermercados, universidades, escolas e ofertas de serviços na região possibilita agilidade e facilidade em relação à mobilidade na região. “A região é muito consolidada e que apresenta, também, uma das melhores áreas gastronômicas da cidade. Outro ponto de atração é o fato de a região próxima ao Jardim Goiás já ser sede dos principais órgãos públicos, como o Paço Municipal, os Ministérios Públicos Estadual e Federal e o Fórum Cívil. Além disso, dentro de alguns meses vai receber a sede da Assembleia Legislativa”, destaca Murilo.

Apesar dessas atrações e das demandas crescentes, o bairro concentra em sua ocupação um número predominante de apartamentos de metragens maiores.  Atualmente, de acordo com pesquisa da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) de Goiás, publicada em março deste ano, o Jardim Goiás tem um estoque residencial de apenas 35 unidades lançadas ou entregues, sendo 20 em construção e nenhuma abaixo de 175 m².

Diante desse cenário, a Sousa Andrade Construtora, Terral Incorporadora e Humanae Incorporadora desenvolveram o projeto do Emirates Parque Flamboyant, empreendimento que será construído em uma área de 3.662 m² e contará com 33 pavimentos.

A escolha das incorporadoras foi atender ao público que busca o imóvel de menor metragem, uma carência da região. Os apartamentos variam de 47m² a 132m², sendo a maioria de tamanho compacto. Além de estar situado ao lado do Parque Flamboyant, o residencial oferecerá um complexo aquático de 370 m², além de um espaço Welness com piscina coberta, lago de carpas e spa. Salão de festas, espaço coworking, espaço gourmet, complexo infantil, pet place, bicicletário, academia, pub. O empreendimento contará ainda com um rooftop com piscina vermelha e uma vista definitiva para uma paisagem urbana exuberante.

“Essa é uma oportunidade que voltou ao mercado após mais de uma década sem lançamentos nesse bairro”, detalha o diretor, ao informar que atualmente o bairro encontra-se em fase de desaceleração de ocupação, segundo as normas urbanas. Ou seja, é uma das últimas oportunidades de conquistar um apartamento no local.

Sobre o bairro

O Jardim Goiás é um dos bairros mais atrativos de Goiânia e que começou a apresentar crescimento na década de 1980 com a construção de shopping e supermercados na região. Já nos anos 2000, a chegada do Parque Flamboyant fez o bairro ganhar um dos mais belos cartões postais da capital. Foi a partir desses anos que passou a se intensificar a atração pelos públicos A e B na região, incentivadas pela chegada de empreendimentos verticais de alto padrão. De acordo com o último Censo, o bairro conta com uma população de aproximadamente 12 mil habitantes. Localizado na região Sul da capital, a região é limitada pelos setores Universitário, Alto da Glória, Pedro Ludovico e Sul.

Vinkmag ad

Isabel Almeida

A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio. Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal, e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.

Read Previous

Banda da Hora lança segundo single

Leia a seguir

A Comédia “A Intimidade é uma Merda” chega às últimas semanas

dezembro 3, 2021