Bsb Flash

Lupi pede interdição de Bolsonaro e homenageia as mulheres

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o vice-presidente do partido, Ciro Gomes, entraram com representação e pedido de interdição do presidente Bolsonaro na Procuradoria-Geral da República ( PGR).
” A ação foi motivada pela gestão negacionista , obscurantista e genocida do presidente da República, que tem agravado ainda mais a crise sanitária do Covid-19″- disse Lupi.
   No Dia Internacional da Mulher, Lupi homenageou as mulheres do PDT e  lembrou de sua mãe, dona Carmelita, que morreu há dois anos.
   ” Vou falar um pouco mais sobre ela na série Relatos, que vou estrear brevemente no yotube, sobre histórias de minha vida pessoal e política”.
   Sobre a decisão do ministro Edson Fachin, de anular as condenações do ex-presidente Luiz Ignácio Lula da Silva nos casos do triplex do Guarujá e do sítio de Atibaia, Lupi disse que a decisão foi importante para a democracia. Mas, ” o futuro é Ciro , não Lula “-afirmou.
Lupi acha que ” Moro será condenado” na ação sobre a parcialidade do ex-juiz da Lava-Jato , que será julgada pelo STF ainda neste semestre. A ação foi impetrada, em agosto de 2019, pela defesa do ex-presidente Lula.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

%d blogueiros gostam disto: