Criador do Plano Piloto de Brasília e do Plano Piloto da Barra da Tijuca, o arquiteto e urbanista Lucio Costa ( 1902-1998) será homenageado pelo ex-deputado Mauro Magalhães, no  livro de memórias que será publicado em dezembro.
 Líder da UDN no governo de Carlos Lacerda, Mauro Magalhães e sua esposa, Thetis Magalhães, foram morar na Barra da Tijuca em 1961, recém-casados.  Lúcio Costa entregou o Plano Piloto para a Barra da Tijuca, em 1970, sob encomenda de Negrão de Lima.
” Eu sugeri  , em 1973, a implantação de varandas nos prédios da Barra. A proposta foi minha.  Depois, em encontro com Lucio Costa e Israel Klabin, ex-prefeito do Rio de Janeiro, eu agradeci, em discurso, por eles terem aceito minha sugestão “- lembra o empresário ( Na foto, com Lucio Costa e Israel Klabin). Para Mauro Magalhães, “Lucio Costa era genial”.
Artigo anteriorAeroporto receberá um novo CAT da Secretaria de Turismo (Setur-df)
Próximo artigoExclusivo: Elba Ramalho com o filho Natan e neta
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.