Melhorias nas redes de água avançam em todo o DF

Melhorias nas redes de água avançam em todo o DF

Melhorias nas redes de água avançam em todo o DF

Substituição de ramais contribui para a redução da perda de água

O Plano de Manutenção Preventiva Programada de Substituição de Ramais implantado pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) chegou a 294 ramais das QNP 12, 16 e 26, e a 224 ramais das QNP 10 e 14, todos de Ceilândia. A iniciativa permitirá a redução na quantidade de vazamentos nas redes de água e, consequentemente, no índice de perdas. Também estão em andamento 460 substituições no Gama, nos ramais das Quadras 13 e 17. Os trabalhos devem ser concluídos em novembro.

Outras regiões do Distrito Federal também foram incluídas do Plano de Manutenção. No Condomínio Solar de Brasília foi concluída a substituição de 445 ramais. Já em Mestre D’armas foram 233 ramais. E, no Regimento de Cavalaria, foi feita a substituição de 276 ramais. No Condomínio Ville de Montagne já foram substituídos 122 ramais dos 445 previstos. No Vale do Amanhecer foram trocados 76 ramais dos 90 previstos. Na Asa Sul, quadras SCRS 513/514/515/516, foram substituídos 134 ramais dos 200 previstos. Ao final de todos os serviços, a Companhia realiza recomposição de pavimentação asfáltica e, no interior das residências, recomposição de calçadas, muretas e paredes onde foi realizado.

O superintendente de Operação e Manutenção de Redes Oeste-Sul, Mauro Laerte, explica que a Caesb possui em seu estoque o material necessário para ser usado durante as obras. Já a mão de obra será executada pelas empresas terceirizadas contratadas pela Companhia. “A implantação adequada e completa dessas melhorias resultará em maior eficiência do sistema. Por isso, a Caesb pede a colaboração de todos os moradores durante o processo”, solicita.

Para a execução dos serviços, eventualmente será necessário acessar a residência dos moradores, mediante uma Ordem de Serviço (OS) gerada pelo sistema da Companhia. Os empregados da Caesb estarão uniformizados, portarão crachá de identificação e irão adotar todas as medidas de prevenção ao coronavírus, como o uso de máscaras e álcool em gel. Em caso de portão fechado, será deixado um aviso de comparecimento com as devidas instruções. Sempre que a população tiver dúvida, basta ligar no número 115 da Caesb para checar a existência da Ordem de Serviço e pedir o número da OS à central.

Foto: Cristiano Carvalho (Caesb)

Vinkmag ad

Isabel Almeida

A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio. Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal, e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.

Read Previous

Apesar da pandemia, construtora cumpre cronograma de entrega de obras

Leia a seguir

Como fica o coração da mulher que passa pelo câncer de mama?

dezembro 3, 2021