Nome em ascensão no jazz mundial, Jazzmeia Horn se reinventa em disco que explora questões femininas e raciais de modo inédito

“Dear Love” é antecipado pelo single “Lover Come Back to Me”

Unindo jazz com inspirações de R&B e hip hop, Jazzmeia Horn se prepara para lançar um projeto não só ousado como histórico. Feito para big band com trabalho orquestral, “Dear Love” é um dos poucos discos do estilo não só liderados, mas arranjados e produzidos por uma mulher negra. O álbum traz poesia e spoken word para falar de vários aspectos da vivência de uma pessoa afroamericana – desde a questão da solidão da mulher negra até reflexões sobre o racismo a partir de composições pessoais e intensas. A primeira amostra do projeto, “Lover Come Back to Me”, já está disponível em todas as plataformas de música digital.

Ouça “Lover Come Back to Me”: https://songwhip.com/jazzmeiahornandhernobleforce/lover-come-back-to-me

“Não estou lançando este álbum apenas para mim, estou lançando para cada mulher que já ouviu um ‘não’ por um homem. Para as mães solteiras que achavam que não podiam seguir suas carreiras; para as mulheres que ousam empreender; decido às mulheres negras que carregam a essência e a alma da cultura negra para o mundo usar e não as dar crédito… isso é para elas”, resume a artista.

Jazzmeia Horn

Duas vezes indicada ao Grammy, vencedora da Sarah Vaughan International Jazz Competition, do Thelonious Monk Institute International Jazz Competition e do NAACP Image Award, Jazzmeia olha a tradição dos trabalhos de big band com respeito e vontade de ir além. “Dear Love” é uma sequência temática e ruptura sonora dos seus trabalhos anteriores, “A Social Call” (2017) e “Love and Liberation” (2019).

“‘Dear Love’ é importante para mim porque cumpri um dos meus maiores objetivos na vida: escrever, arranjar, produzir e gravar meu próprio projeto. Além disso, ser uma das primeiras mulheres negras a escrever e liderar um álbum de big band em sua totalidade, algo historicamente masculino, é uma honra”, reflete Jazzmeia.

Previsto para 10/09, “Dear Love”, aborda três aspectos específicos da existência de Jazzmeia: seu amor pela sua comunidade, o amor físico e carnal por alguém e o amor próprio, tudo junto de uma poesia densa. “Lover Come Back to Me” está em todos os serviços de streaming de música.

Ouça “Lover Come Back to Me”: https://songwhip.com/jazzmeiahornandhernobleforce/lover-come-back-to-me

Jazzmeia Horn

Tracklist:

1. I FEEL YOU NEAR

2. BE PERFECT (Vocal Interlude)

3. HE COULD BE PERFECT

4. HE’S MY GUY

5. LET US (TAKE OUR TIME)

6. BACK TO ME (Vocal Interlude)

7. LOVER COME BACK TO ME

8. MONEY CAN’T BUY ME, LOVE

9. NIA

10. STRIVE (Vocal Interlude)

11. STRIVE (TO BE)

12. WHERE WE ARE

13. JUDAH RISE

Bonus Track

14. WHERE IS FREEDOM!?

Ficha Técnica:

Produção e arranjos: Jazzmeia Horn

Mixagem e masterização: Kastushico Naito

Gravado no Sound On Sound, New Jersey (Estados Unidos)

Jazzmeia Horn: voz

Keith Brown: piano

Eric Wheeler: baixo

Anwar Marshall: bateria

Bruce Williams: sax alto

Keith Loftis e Anthony Ware: sax tenor

Jason Marshall: sex barítono

Freddie Hendrix, Bruce Harris e Josh Evans: trompete

Dion Tucker, Cory Wilco, Max Seigel – trombone

Tia Allen – viola

Chiara Fasi e Eddie Findiesen – violino

Dara Hankins – cello

Khalil Bell – percussão

Sullivan Fortner –  órgão e direção musical

Letra:

The sky was blue, and high above. The moon was new and so was love.

This eager heart of mine was singing lover where can you be.

Love came at last. It had its day that day has passed you’ve gone away.

This aching heart of mine is singing, lover come back to me.

I remember every little thing we used to do. I’m so lonely.

Every road I’ve walked alone I’ve walked alone with you.

No wonder I am lonely.

The sky was blue, the night was cold. The moon was new, but love was old.

And while I’m waiting here this heart of mine is singing lover come back to me.

Siga Jazzmeia Horn:

https://www.instagram.com/artistryofjazzhorn/

Redação

Read Previous

Seis motivos imperdíveis para participar do Congresso Abrasel

Leia a seguir

Villa Country apresenta Live Arraiá do Cowboy sob comando de Everton Neguinho

setembro 16, 2021