Obras de Célia Brindel estão em exposição no Flickr do STJ
Artes

Obras de Célia Brindel estão em exposição no Flickr do STJ

Retrospectiva Célia Brindel

As obras da artista plástica Célia Brindel que fizeram parte das mostras Dona Beja – A Força da Mulher e Instantes – realizadas no Espaço Cultural do Superior Tribunal de Justiça em 2016 e 2018 – estão na área Exposições do Flickr do STJ.

A pintora brasiliense estudou na Universidade Federal do Rio de Janeiro e se formou em arquitetura na Faculdade Integrada Bennett. Nos últimos dez anos, morou na França, onde produziu a maior parte do seu trabalho.

Na exposição Dona Beja – A Força da Mulher, Brindel apresenta o mito construído em torno da figura de Anna Jacinta de São José, a Dona Beja, personagem marcante do Século XIX que morou em Araxá e morreu em Estrela do Sul, Minas Gerais. Na literatura, Dona Beja representa a metáfora e os arquétipos femininos da madona, a musa e a sedutora, que se manifestam em suas diferentes formas e momentos.
Qualquer um encontrará na personagem aquilo que procura: a vítima, a militante, a mulher, a mãe, a amante.

É diante dessa variedade de formas que a artista Célia Brindel traduz a personagem, por meio de pinturas em 16 obras, todas em papéis e tamanhos variados.

A exposição Instantes, segundo a artista, significa o verdadeiro valor da vida: “Os pequenos momentos mais singelos que guardamos na memória e no coração são porções de amor, amizade, carinho e de outros tantos detalhes que marcam nossa existência e tecem nossa biografia”. Para Brindel, valorizar os “pedaços”, os instantes de uma vida, é o que enriquece a alma. Foi com esse pensamento que ela criou o projeto, reunindo pinturas e esculturas.

A apresentação das obras no Flickr é uma iniciativa da Coordenadoria de Memória e Cultura em parceria com a Coordenadoria de Imprensa e Conteúdo do STJ.