O projeto beneficiado é da Fraternidade Sem Fronteiras e vai atender 9 mil crianças no Malawi

 Os campeões da Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro entraram na corrente fraterna, em prol da construção da Escola Ubuntu, no Malawi/África. Todo o elenco do Flamengo, inclusive o Gabigol – artilheiro das duas competições e Bruno Henrique – eleito o melhor jogador da América em 2019, autografou uma camiseta para ser sorteada no dia 23 de dezembro deste ano.

A iniciativa do clube vai ajudar a dar continuidade ao sonho da Nação Ubuntu – projeto da Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF). A escola começou a ser construída em 2018, mas em outubro deste ano, as obras precisaram ser interrompidas por falta de recursos. “O nosso principal foco é terminar o refeitório e duas salas de aula, além de cercar a escola. O intuito é começar as aulas em janeiro de 2020, já estamos tendo treinamento para os professores e logo depois disso começamos uma seleção”, explica Clarissa Paz, coordenadora do Projeto Nação Ubuntu.

Depois de pronta, a escola vai atender cerca de 9 mil crianças, refugiadas e malawianas, que hoje não possuem acesso à educação. Para finalizar o trabalho, a Fraternidade Sem Fronteiras buscou novas parcerias e chegou à Organização Football for a Cause, que vende itens usados por jogadores de futebol e investe o dinheiro na realização de projetos educacionais.

A campanha foi lançada nesta semana pela Football for a Cause em conjunto com Clarissa Paz, da FSF, e pelo ator Bruno Gagliasso – apoiador e amigo da causa Fraternidade sem Fronteiras. Todo o lucro será revertido à Escola Ubuntu.

Como participar-Para participar é preciso doar R$20 pelo link http://footballforacause.com.br/shop/fraternidade-sem-fronteiras/. O valor garante um número para concorrer. O sorteio vai acontecer no dia 23 de dezembro de 2019, e será transmitido ao vivo pelo instagram do Football For a Cause (@footballforacause ).

 “Com R$20 reais você pode mudar a vida de várias crianças. Se você é flamenguista, ajuda a construir uma escola no Malawi e ainda ganha uma camiseta autografada. E se não for, pode dar ela de presente para alguém, mas não deixa de ajudar”, incentiva Gagliasso, no vídeo publicado em suas redes sociais e postado também no Instagram e Facebook da FSF.

Sobre a Fraternidade sem Fronteiras – A FSF é uma Organização humanitária Não-Governamental, com sede em Campo Grande (MS) e atuação brasileira e internacional. A instituição possui 45 polos de trabalho, mantém centros de acolhimento, oferece alimentação, saúde, formação profissionalizante, educação, cultivo sustentável, construção de casas e ainda, abraça projetos de crianças com microcefalia e doença rara.

Todos os trabalhos são mantidos por meio de doações e principalmente pelo apadrinhamento. Com R$ 50 mensais é possível contribuir com um projeto e fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Entre seus maiores eventos estão o IV Encontro Nacional Fraternidade sem Fronteiras, que será de 17 a 19 de abril de 2020, em São Paulo/SP/Brasil. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.fraternidadesemfronteiras.org.br e pelas redes sociais: instagram, facebook, youtube e twitter.