Bsb Flash

PDT promove homenagens virtuais a Brizola (99 anos)

PDT promove homenagens virtuais a Brizola (99 anos)

Nascido em 22 de janeiro de 1922, Leonel Brizola(1922-2004) faria 99 anos em 2021.

Por causa da pandemia, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, promoveu

homenagens virtuais pelas mídias sociais para lembrar do mestre, que ele conheceu logo após que o ex-governador do Rio Grande do Sul e , depois, do Rio de Janeiro, voltou do exílio.

“Em 2022, vamos comemorar o centenário de Brizola com uma grande festa. Em Brasília, será assinada a escritura definitiva da compra da sede do PDT, na capital federal . Era o sonho dele . Também vamos inaugurar uma estátua de Brizola ( em frente à sede, que fica perto do Congresso Nacional)”.

Integrante da ala jovem do antigo Partido Trabalhista Brasileiro, fundado por Getúlio Vargas em 1945 , no início do curso de Engenharia (ele se formou pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1949), Brizola conheceu Neuza Goulart (irmã do ex-presidente Jango), nessa fase. Os dois se casaram em 1950 .

Eleito governador do Rio Grande do Sul, em 1958, Brizola defendeu a posse de João Goulart (vice de Jânio Quadros), quando Jânio renunciou, em 1961.

Em 1962, mudou seu domicílio eleitoral para o Rio de Janeiro e foi eleito o deputado federal mais votado do país.

Foi eleito governador do Rio de Janeiro em 1982 e, depois, em 1990, ganhou a reeleição no primeiro turno (61% dos votos).

Foi o criador dos Centros Integrados de Educação Pública (CIEPs), em projeto que teve a participação de Darcy Ribeiro e foi arquitetado por Oscar Niemeyer.

Na foto, Carlos Lupi, Brizola e Ciro Gomes.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

%d blogueiros gostam disto: