Bsb Flash

Sorriso alinhado: Oito fatos sobre o uso de alinhadores transparentes

Sorriso alinhado: Oito fatos sobre o uso de alinhadores transparentes

Alternativa tem sido cada vez mais escolhida por dentistas e pacientes para tratamentos ortodônticos

Eles literalmente conquistaram o sorriso do público. Os alinhadores transparentes são placas customizadas de acordo com a necessidade ortodôntica do paciente e que, ao serem encaixadas na arcada dentária, fazem uma leve e contínua pressão nos dentes, movimentando-os até a posição desejada. Essa solução tem ganhado destaque no mercado ortodôntico, sendo uma opção mais confortável, segura e discreta.

Sorriso alinhado: Oito fatos sobre o uso de alinhadores transparentes

1. Os alinhadores são removíveis

Os alinhadores transparentes não são fixos e podem ser removidos para que o paciente possa comer e escovar os dentes sem complicações. Os aparelhos convencionais dificultam a escovação, já que os ferros são colados no dente e não permitem o acesso completo da escova e fio dental. Além disso, há o risco de que algum bráquete se quebre e incomode.

2. Não machucam

Os alinhadores transparentes são mais fáceis de utilizar, podendo o próprio paciente colocá-los ou removê-los. Já os aparelhos convencionais são compostos por um fio de metal ligado aos bráquetes ou borrachas e fixados nos dentes do paciente. “Conforme os dentes são movimentados, o fio de metal muda de posição, podendo machucar a gengiva ou a parte interna da bochecha, além do fato de que alguma peça pode desencaixar ou quebrar”, diz a cirurgiã-dentista Caroline Aranalde, especialista da ClearCorrect. “Com os alinhadores transparentes, não tem esse problema. As placas são encaixadas nos dentes sem complicações, o que permite ao paciente mais conforto durante o tratamento”, afirma.

3. São muito discretos

Por serem transparentes, os alinhadores são quase imperceptíveis, se comparados aos aparelhos convencionais. A solução é uma ótima opção para jovens e adultos que desejam um tratamento ortodôntico discreto e eficiente. A ideia é continuar sorrindo para as fotos, sem precisar ficar com vergonha daquele sorriso metálico.

4. Permitem previsão com planejamento digital para correção dos dentes

Todo o processo é digital e permite que o paciente veja como poderão ficar os seus dentes no final do tratamento, assim como saber o tempo de duração e as mudanças que serão feitas a cada etapa. Após tirar fotos, fazer radiografia e o escaneamento, o profissional submete as informações para que seja feito o planejamento digital para o tratamento ortodôntico. Em seguida, o paciente recebe do dentista uma série de alinhadores transparentes que farão uma leve e contínua pressão nos dentes, devendo ser trocados a cada 15 dias. O dentista acompanha todo o processo e entrega periodicamente novos alinhadores para uso.

5. O escaneamento é digital

Muitas pessoas temem a chamada “moldagem” feita para ter uma visão mais certeira da arcada dentária. Mas no caso dos alinhadores não é preciso. “O paciente, junto com o dentista, pode optar por uma escaneamento digital dos dentes, sem precisar fazer a moldagem que, além de desconfortável, gera medo e mal estar em muitos casos, sem contar que os escaneamentos digitais são mais rápidos e eficientes”, garante Caroline.

6. A manutenção pode ser feita a distância

Dependendo do caso, com o planejamento digital, a manutenção dos alinhadores pode ser feita de forma remota e as consultas presenciais com um intervalo de tempo maior, fatores que contribuem para o distanciamento social durante a pandemia da Covid-19. “O dentista pode entregar para o paciente mais de uma placa para que ele mesmo faça a troca a cada 15 dias. E como já tem um planejamento digital sobre como os dentes devem ficar a cada troca, o acompanhamento fica muito mais fácil e efetivo, mesmo a distância”, explica Caroline.

7. No final, o tratamento pode ter preço similar ao dos aparelhos convencionais

Muitas pessoas apontam como desvantagem o preço dos alinhadores transparentes, mas, quando comparado aos aparelhos convencionais, o tempo de tratamento é menor quando se utiliza os aparelhos ortodônticos transparentes. A cirurgiã-dentista explica que os aparelhos fixos tendem a ser mais baratos, já que o tempo de tratamento é geralmente mais longo o que possibilita um prazo maior de parcelamento dos valores a serem pagos. “Além da percepção de custo baixo, as peças podem quebrar durante o tratamento, o que gera um investimento maior para substituí-los”, considera a especialista.

8. Não é usado para bruxismo

Por fim, fica o alerta: alinhadores transparentes não são usados para diminuir os efeitos do bruxismo. É comum confundir, mas os alinhadores servem exclusivamente para corrigir o posicionamento dos dentes e a má oclusão e não apresentam outra finalidade senão essa.

Sobre a ClearCorrect

A ClearCorrect é a segunda maior marca de alinhadores transparentes para tratamentos ortodônticos do mundo, pertencente Grupo Straumann, com produção concentrada na fábrica da Neodent em Curitiba (PR). O sistema da ClearCorrect promove a movimentação dentária por meio de pressões exercidas em determinadas regiões do dente, resultando na remodelação óssea.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

Homenagem ao aniversariante Getúlio Vargas

Ex- presidente da Juventude Socialista do PDT, vice-presidente da Fundação Leonel Brizola e porta-voz do Rio Boa Praça, o cientista político Everton Gomes fará homenagens,

Vacinação contra o H1N1 contribui no combate à Covid-19

Empresas se empenham para levar imunização a colaboradores e assim desafogar o sistema de saúde. Construtora está entre as que manteve a boa prática neste

Ravenna promove SPA Indoor com programação especial

Ravenna promove SPA Indoor com programação especial

De 26 a 29 de abril, SPA terá quatro aulas com o Mestre em Psicologia Helder Kamei, especializado em Psicologia Positiva De 26 a 29 de abril,

Casamentos continuam a acontecer, apesar da pandemia

Quarenta por cento dos casamentos realizados pela juíza Maria Victoria Riera, no 5°Registro Civil das Pessoas Naturais, em Botafogo, são de casais com renda inferior

%d blogueiros gostam disto: