Todos os sábados e domingos, no almoço, três opções do prato podem ser pedidas 

 O Mayer Sabores do Brasil, localizado na 116 sul, está promovendo o Festival de Moquecas, com três opções do prato disponíveis nos almoços dos sábados e domingos. A primeira iguaria é a Moqueca Maragogi (R$139), feita com robalo. A segunda opção é a Moqueca Canoa Quebrada (R$149), que leva robalo e camarão. Já a terceira é a Moqueca Trancoso (R$169), que tem o camarão como protagonista. Todas elas são servidas em panela de ferro, servem bem duas pessoas e levam tomate, cebola, pimentões refogados, pimenta de cheiro, leite de coco, azeite de dendê e coentro, além de serem acompanhadas de arroz branco, pirão do próprio caldo e farofa de dendê.

Dose dupla: 

E, além do festival de moquecas, o Mayer também está com dose dupla de caipirinhas e caipiroskas de limão, maracujá, morango e abacaxi, todas as sextas-feiras, das 17h às 22h. 

Serviço: 

Festival de Moquecas no Mayer Sabores do Brasil  

Todos os sábados e domingos no almoço 

CLS 116, Asa Sul – Comércio Local 

Horário de funcionamento: segunda a quinta das 11h30 às 15h30 e das 17h às 23h  

Sexta: das 11h30 às 15h30 e das 17h às 23h  

Sábado: das 11h30 às 23h 

Domingos e feriados das 11h30 às 17h  

Telefone: (61) 99339-4175 

Artigo anteriorFAC Regionalizado divulga resultado final: 13 milhões para 163 projetos
Próximo artigoEquipe do Paraná é campeã global do Zoohackathon 2020
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.