Bsb Flash

Clipe “Mãe” de Donato no relato chega ao Youtube

Produção do estúdio CausART , cenas foram gravadas nos bairros Santo Hilário e Jardim das Aroeiras, onde o rapper cresceu em Goiânia, e mostra as agressões sofridas em casa pelo pai violento

O clipe da música “Mãe”, novo trabalho do rapper goiano Donato no relato, já pode ser conferido pelo canal do Youtube do estúdio CausART, (https://www.youtube.com/watch?v=qP64_k-Z1LI). A história retrata a infância difícil do artista criado em um ambiente violento no qual o pai agredia fisicamente e verbalmente a mãe diante dele e dos irmãos. As cenas foram gravadas nas ruas de Goiânia, nos Bairros Santo Hilário e Jardim das Aroeiras, onde o artista nasceu e foi criado.

“Mãe” é na verdade uma homenagem à matriarca  Sirdene Zeferino Morais, que como muitas mulheres, são submetidas à cultura do machismo e da violência. “Esse grito estava preso na minha garganta.  Eu precisava desse desabafo e ao mesmo tempo, quero dar uma palavra de apoio para as crianças que vivem na mesma situação”, pontua Donato. Ele explica que sua letra é sobre sofrimento e superação e convida à população a denunciar os maus tratos dentro das famílias e conhecidos.

Vale lembrar que a quantidade de denúncias de violência contra mulheres que a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos recebeu em 2019, por meio da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, só têm aumentado.  Um balanço divulgado em maio pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos mostra que de 2018 para 2019, o total de tentativas de feminicídio denunciadas aumentou 74,6%. “Um ambiente violento traz traumas que eu mesmo não consigo descrever e meu desejo é que as mulheres entendam que podem se livrar disso”, pontua o artista.

Para acompanhar o lançamento do clipe, a produção de Donato preparou também uma campanha contra a violência sofrida pelas mulheres. Na gravação das últimas cenas, quando dona Sirdene participou recebendo homenagem do filho, foram distribuídos panfletos com orientações e o  número 180, principal canal de denúncia.  O folder em formato on-line também está sendo utilizado como forma de disseminar a informação.

A protagonista da história, a “Mãe”, teve a chance de ver seu filho superar as dores e resume seus sentimentos em gratidão: “Não existe recompensa maior na vida do que os dos filhos. Fácil não é. Mas é importante colcoar Deus à frente e viver com amor incondicional. Poderia ter dado errado, mas sou orgulhosa da superação”. Sirdene, ainda apela para que o mundo enxergue de forma séria os casos de violência doméstica. “A agressão, se não for tratada como doença, vai passando de geração pra geração, este foi o grito de cura de meu filho, hoje com  29 anos”, declara.

O filme

O clipe conta com a participação do ator Thiago Cozzatto e da bailarina Emily Naitê, ambos goianos, representando o pai e a mãe de Donato.  A casa onde foi gravada é muito parecida com a realidade vivida por ele há cerca de 20 anos, e as crianças que atuam também são meninos do bairro, além do próprio filho do cantor.

Sobre o artista

Donato no Relato se chama Daniel  Morais, mas assumiu um nome diferente artisticamente que, segundo ele, condiz  com seu objetivo no mundo artístico: “Meus desejo com esse trabalho, especificamente, é mostrar para as crianças que existe forma de superar”, diz ele, que encarou o mundo, morou na Europa, voltou para o Brasil e agora, depois de empreender na área da estética com a esposa, se viu no momento de voltar às origens musicais.

Donato é cantor de freestyle autodidata. Desde criança compõe suas rimas e já até venceu concursos do tipo. Aos 29 anos de idade é empresário, gestor de coaching, especialista em estética e estudante de jornalismo. “Se eu consegui conquistar tanta coisa, quero que os meninos que se parecem comigo possam entender que eles também podem. Nada melhor que a música e a arte para fazer isso”.

Em Goiânia ele criou o estúdio musical e produtora  CausART, que produz suas músicas e clipes, além de apoiar novos artistas goianos. A canção “Made In Goiânia”, lançada no Youtube, com menos de um mês já ultrapassou as 100 mil visualizações (https://www.youtube.com/watch?v=Hz1GNzs5vgo). “Eu falo da dor deles. Dos sonhos. Das alegrias. Quero que minha história sirva de inspiração para a nova geração”, pontua Donato.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

Luize Valente | Live sobre o Judaísmo

Live sobre o Judaísmo

A escritora e jornalista Luize Valente faz live, nesta segunda (dia 26 de julho), às 21hs, pela Plataforma Zoom, sobre o Judaísmo Nosso de Cada

Confraria Amigos da Barra faz homenagem a Mário Saladini

O ex-jornalista e ex-deputado Mário Saladini ( 1916-2009), que criou, nos anos 40, o Clube dos Cafajestes, junto com Carlinhos Niemeyer, Mariozinho de Oliveira, Ibrahim

Ana Tereza Basílio

Captação de Clientes Pós-Pandemia

Luciano Bandeira, presidente da OAB-RJ, Ana Tereza Basílio, vice-presidente da entidade, Marcus Soares, presidente da OAB da Barra da Tijuca, Claudete Capelle do Vale, presidente

Revitalização do Rio de Janeiro é tema de Webinar pela EMERJ

O Fórum Permanente de Direito da Cidade da Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) promoverá nesta sexta (dia 30 de julho),

%d blogueiros gostam disto: