Conjunto Nacional promove primeira edição do Festival Samba em Conjunto – de graça
Música

Conjunto Nacional promove primeira edição do Festival Samba em Conjunto – de graça

Evento reúne grandes intérpretes e instrumentistas numa série de shows gratuitos no Jardim Urbano do shopping durante o mês de agosto O compositor Arlindo Cruz será o grande homenageado desta edição O samba pede passagem no coração da Capital Federal! O Conjunto Nacional promove a primeira edição do Festival Samba em Conjunto, com produção da Tato Comunicação e Projetos, com uma série de cinco shows gratuitos, que além de reunir grandes intérpretes e instrumentistas da cena do samba brasiliense, rendem merecida homenagem ao grande compositor, cantor e instrumentista Arlindo Cruz, vítima de um AVC em 2017 e desde lá luta para se recuperar.Como compositor, Arlindo tem mais de 500 músicas gravadas por artistas parceiros. Entre os seus maiores sucessos estão as canções Meu nome é favela, Ainda é tempo pra ser feliz, Casal sem vergonha (em parceria com Acyr Marques), Coisa de pele (em parceria com Jorge Aragão).Esses sucessos e muitas outras maravilhas compostas por Arlindo Cruz serão relembradas durante o mês de agosto, nas apresentações de Carol Nogueira (6), Karla Sangaleti (7), 7 na Roda (13), Teresa Lopes (20) e Victor Angeleas (27), todos acompanhados por grandes instrumentistas consagrados na cena musical de Brasília.  Os shows são gratuitos e acontecem sempre na nova área aberta do Conjunto Nacional, o Jardim Urbano (P3), localizada acima da tradicional Praça de Alimentação.  Abertura do Festival Samba em Conjunto com Beba em ConjuntoJá não é de hoje que a combinação samba e cerveja é sinônimo de coisa boa! E é assim que vai começar o festival Samba em Conjunto. No final de semana de abertura, além de curtir os shows de Carol Nogueira, no sábado, e de Karla Sangaleti, no domingo,  a partir das 14h, o público vai poder curtir o melhor da Cerveja Artesanal com mais uma edição do Beba em Conjunto @bebadoquadrado, com mais de 90 torneiras de chopes artesanal com degustação e entrada gratuita, das 12h às 22h.  Sobre o HomenageadoNascido em Madureira, no Rio de Janeiro, em 14 de setembro de 1958, Arlindo Cruz é um dos grandes nomes do mundo do samba e do pagode. Talentoso, ele é cantor, compositor e instrumentista. Com 6 anos de idade, o pequeno Arlindo Cruz recebeu de presente um cavaquinho do pai, seu primeiro professor. Nessa ocasião, já sentiu despertar o seu interesse pela música.Ajudou a criar, durante a década de 70, o bloco carnavalesco Cacique de Ramos, que se reúne todos os anos no bairro. Foi ali que conheceu alguns músicos que viriam a formar o grupo Fundo de Quintal. Arlindo Cruz esteve na primeira formação do Fundo de Quintal e juntos lançaram vários discos. Foram 12 anos de parceria.Com o tempo, Arlindo Cruz sentiu necessidade de desenvolver uma carreira solo, que acabou por ser lançada em 1993. Até 2017 o cantor gravava CDs e DVDs e fazia shows e apresentações regulares.  Programação06 de agosto, das 14h às 16hCarol Nogueira07 de agosto, das 14h às 16hKarla Sangaleti13 de agosto, das 13h às 15h7 na Roda20 de agosto, das 13h às 15h

Teresa Lopes

27 de agosto, das 13h às 15hVictor Angeleas Quinteto Festival Samba em ConjuntoDias: 6, 7, 13, 20 e 27 de agosto. Vide programaçãoLocal: Jardim Urbano (P3) – Conjunto NacionalEntrada Gratuita

A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio. Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal, e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.