Bsb Flash

Embaixada dos EUA divulga lista de selecionados para o programa de 2021

Jovens Embaixadores: Embaixada dos EUA divulga lista de selecionados para o programa de 2021 

Após série de etapas seletivas, 33 jovens de 24 estados brasileiros e do DF foram selecionados para participar da edição virtual do Programa Jovens Embaixadores 2021 

 A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou, nesta sexta-feira, 7 de maio, o resultado do processo seletivo do Programa Jovens Embaixadores 2021. A seleção contou com 10.119 inscrições concorrendo para apenas 33 vagas.  

 O resultado inclui nomes de jovens de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal, representantes da riqueza e da diversidade presente no Brasil. Em mais um ano atípico e apesar de todos os esforços, o programa não poderá ser realizado em formato presencial nos Estados Unidos. Em decorrência da pandemia da Covid-19 que assolou o mundo, o Jovens Embaixadores de 2021 foi convertido para o formato on-line.  

 Com isso, a experiência precisou ser repensada e inovada. O programa acontecerá entre os dias 14 de junho e 13 de agosto deste ano, com Jovens Embaixadores, brasileiros e americanos, se juntando para participar de atividades e oficinas sobre liderança, cultura e comunicação, cidadania digital, mudança social em sua comunidade e em nível global e para compartilhar, sempre virtualmente, um pouco de sua história e cultura por meio de suas famílias e comunidades.  

 Além disso, atividades complementares foram implementadas, com o objetivo de consolidar o conhecimento adquirido por meio do intercâmbio de experiências. Serão propostas atividades que visam estimular o processo criativo e inovador dos participantes, contando com missões, desafios e projetos criativos mão-na-massa.  

 Veja a lista de selecionados: 

Ana Beatriz Mendes da Silva – Ananindeua, Pará 

Leonardo Paiva Campos – Boa Vista, Roraima 

Ana Luiza Postai – Nova Trento, Santa Catarina 

Leonardo Pereira da Silva Neto – Ceilândia Sul, Distrito Federal 

Ana Maria Furtado de Oliveira – Teresina, Piauí 

Lorena Soares de Lima – Manaus, Amazonas 

Ana Vitória Vaz Santos – Uberlândia, Minas Gerais 

Luisa Manoela Romão Salles – Poços de Caldas, Minas Gerais 

Brenda Fernandes Galter – Vila Velha, Espírito Santo 

Maria Clara Manso de Almeida – Camaragibe, Pernambuco 

Carla Aryane de Mello Bastos – Manaus, Amazonas 

Mariana Xisto Lima – Aracaju, Sergipe 

Cristhian Jucá Machado – Rio Branco, Acre 

Matheus Trindade – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 

Gabriel Espedito Gonçalves dos Santos – Itapetim, Pernambuco 

Murilo Damin Cechetti – Ipiranga do Norte, Mato Grosso 

Gustavo Brito de França – Taguatinga, Tocantins 

Nátally Silva Marinho – Anápolis, Goiás 

Gyullia do Valle de Oliveira – São Sebastião, São Paulo 

Nathalie Arruda Milbradt – Santa Maria, Rio Grande do Sul 

Jamilly Inaer Turini dos Santos – Campinas, São Paulo 

Nicolas Costa Feitoza – Porto Velho, Rondônia 

Jédesson Sousa Bandeira – Passagem Franca, Maranhão 

Noely Irineu Silva – João Pessoa, Paraíba 

João Pedro Haufes – Campo Grande, Mato Grosso do Sul 

Pablo de Azevedo – Jardim do Seridó, Rio Grande do Norte 

João Victor Vasconcelos Cunha Ferreira – Campo Grande, Mato Grosso do Sul 

Safira Jennyfer Sunderhus Ferreira – Mantenópolis, Espírito Santo 

Karolyna de Oliveira Ramos – Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco 

Sara Bella Bezerra Moreira – Fortaleza, Ceará 

Kétlyn Victoria Turetta – Toledo, Paraná 

Styves Barros Miranda – Seabra, Bahia 

Vitória Rodrigues de Oliveira – São João do Meriti, Rio de Janeiro 

 

Sobre o programa: 

 Desde 2003,  667 jovens brasileiros já participaram do programa, que tem como parceiros o Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSDIBM, e também da PLT4Way Inglês e Inclusão Social e da USBEA – Associação de ex-Bolsistas de Programas do Governo Americano. Atualmente o Programa Jovens Embaixadores é realizado em todos os países do continente americano e conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina. Em razão da pandemia de Covid-19 que atingiu o mundo no último ano, em 2021, o programa acontecerá de forma virtual.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
%d blogueiros gostam disto: