Equipes de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Sabin submeteram as amostras a testes com reagentes no rigoroso sistema de metodologia própria, baseado nos protocolos do Center for Diseases Control (CDC) e da Organização Mundial de Saúde (OMS), o ‘SARS CoV – 2 coronavírus Cepa 2019’ e os resultados se mostraram eficientes para identificação do novo coronavírus.

Feito com base no método ‘PCR em tempo real’, o novo teste possui processo de coleta simples, que é feito por meio de secreção nasal. Os resultados ficam prontos em 24 horas, se realizados no Distrito Federal, e em até três dias se forem coletados em outras regiões do País.

Com o compromisso de oferecer o que há de melhor e mais inovador em medicina diagnóstica, o Sabin vai disponibilizar os exames apenas nas unidades hospitalares e também por meio de seu serviço de coleta em domicílio, atendendo aos protocolos e às boas práticas de segurança em saúde.

“Os investimentos contínuos em pesquisa e inovação foram essenciais para desenvolvimento dessa nova metodologia diagnóstica de forma tempestiva às demandas da comunidade médica e da população, afirma Rafael Jácomo, diretor técnico do Grupo Sabin.

Os pesquisadores destacam que fazer os exames já nos primeiros dias de sintomas é fundamental para detectar e tratar a doença, que já infectou mais de 60 mil pessoas em todo o mundo.

Artigo anteriorBrasília: uma capital que atrai novos Coworkings
Próximo artigoCarnaval: não é não!
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.