O ator estará na fase ‘Torre de Babel’ de Gênesis, da RecordTV, e viverá um jovem que sofre bullying no cinema

Após participações em ‘O outro lado do paraíso’, ‘Eu, a Vó e a Boi’, da TV Globo, e ‘Topíssima’, da RecordTV, o ator Hugo Carvalho faz seu primeiro papel na TV aberta em ‘Gênesis’, próxima trama da RecordTV. Na novela, que estreia dia 19 de janeiro, ele será Pelegue, um jovem simples que estará na terceira fase da história, que conta a saga da Torre de Babel.

– Ele é um jovem caçador que ajuda na construção da torre. É divertido, um pouco atrapalhado e está sempre perto de Ninrode (Pablo Morais), o idealizador da torre. Pelegue quer seguir seus passos e se tornar um bom caçador como ele e aprender tudo com seu ídolo, porém Pelegue não pode sair pra caçar porque é o mais novo entre eles. Ele vai garantir boas risadas durante a história – completa Hugo.

Além de Pablo Morais, ele contracena com outros nomes como Igor Rickli, Giusepe Oristanio, Daniel Dalcin, Francisca Queiroz e grande elenco.

– São artistas que respeito, aprendo muito com eles. Desde o início o nosso núcleo ficou muito unido. Nos encontrávamos, antes da pandemia, pra passar texto, fazer trilhas, cachoeira… Como os caçadores vão para floresta na novela a gente foi pra natureza também, criar essa relação e isso veio pra cena… ao ponto de, várias vezes, a gente se entender em cena só pelo olhar, sem falar nada – ressalta o interprete de Pelegue.

O ator é brasiliense e tem 31 anos, ele mora no Rio de Janeiro há oito e começou a se apaixonar pelo ofício em 2008.

– Foi na época do 2º grau. Eu estudei por 11 anos na mesma escola e, no final do terceiro ano, pensei: “esse é meu último ano aqui e vou fazer valer a pena”. A escola oferecia aula de violão, dança e teatro. Fui empolgado para a aula de violão, mas acabei não gostando. Aí, entre as demais opções, escolhi o teatro e tudo começou – diz.

Hugo diz que, quando começou a fazer as aulas, sentiu que aquele sempre fosse o seu lugar. “Sabe quando você nunca fez algo, mas se sente tão à vontade naquele lugar? Foi muito gostoso estar em cima do palco. Ao final da peça da escola, um rapaz veio até mim e disse: ‘estou abrindo uma companhia de teatro, você não quer entrar?’ Eu respondi que não, pois não pensava em fazer isso pra minha vida. E ele insistiu: ‘aparece lá um dia. Se você gostar, você fica mais’. Eis que fiquei na Companhia de Teatro 2tempoS por quatro anos, de 2008 até 2012, quando vim para o Rio. Esse rapaz se chama Rafael Salmona, somos amigos até hoje e ele trabalha como escritor, produtor e diretor de teatro em São Paulo”, explica Carvalho.

O ator tem aproveitado o tempo em que não está gravando para ler, malhar e fazer cursos online.

– Voltei a malhar e estou bem focado nos treinos. Além disso, aproveito o tempo livre para ler. Adoro livros com temáticas de suspense e 2ª Guerra Mundial. Também tenho me dedicado a um curso de violino online, havia começado antes da pandemia, mas no momento tenho feito de casa. Também fiz um curso de roteiro de forma online. Estou com um roteiro pronto e penso em rodar após a pandemia – completa.

O ator também se prepara para estrear no cinema em “Pra onde levam as ondas” onde vive o seu primeiro protagonista filme dirigido, e roteirizado, por Dan Albuk.

– É um filme lindo que conta a história de Virgil, um garoto que sempre viveu a vida na defensiva e que pela primeira vez quer ser protagonista da sua história. Ele trabalha em uma funerária e se apaixona por Éden (Paulla Carniell), uma garota que canta em uma boate, mas não esperava que ela seria namorada de um ex colega seu de escola que fazia bullying com ele, mas dessa vez ele não vai aceitar as provocações calado – completa Hugo.