Instituto Bancorbrás encerra 2020 com resultados positivos

Durante o ano foram realizadas ações que ajudaram a diminuir o impacto da pandemia

De grão em grão é possível mudar o mundo. E mesmo diante da pandemia do novo coronavírus que obrigou diversos serviços a serem paralisados, o Instituto Bancorbrás encerrou o ano de 2020 com um saldo positivo, transformando a vida de mais de 44.925 mil pessoas, direta e indiretamente. “Ações e atividades que demandavam saídas de campo precisaram ser suspensas, para garantir a segurança e a saúde dos nossos colaboradores e dos nossos beneficiados. Mas conseguimos realizar e ajudar diversos projetos de forma remota”, afirma Jorge Tomio, Diretor Executivo do Instituto Bancorbrás.

No 12º ano de atuação, o braço social da Bancorbrás contribuiu com a capacitação e a promoção do desenvolvimento sustentável e do protagonismo de instituições do Terceiro Setor de todo o Brasil. O destaque fica para a 3ª edição do Programa de Aceleração de Impacto Social (PAIS), promovido em parceria com os Institutos Sabin, BRB e Cooperforte; e que durante 6 meses contribuiu para o processo de aprendizagem em gestão e inovação de 28 Organizações da Sociedade Civil (OSCs).

Durante 2020, o Instituto Bancorbrás também promoveu, de forma 100% online, a realização da 2ª edição do Projeto Bancorbrás Social. 14 Organizações da Sociedade Civil de Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB) participaram de capacitações voltadas para a melhoria da governança, comunicação e captação de recursos das instituições. Além disso, no mês de setembro aconteceu a tradicional Semana de Responsabilidade Social, que chegou a sua 10ª edição e contou com a participação de cerca de 60 pessoas que receberam conceitos e práticas de responsabilidade social e sustentabilidade. E, em outubro, ocorreu o Projeto Capacita Bancorbrás, que durante 3 dias de curso realizou a capacitação de mais de 100 pessoas em todo o Brasil.

No segmento de educação, o projeto Notas e Canções também aconteceu de forma remota. O projeto social beneficia 70 crianças e jovens, da Cidade Estrutural, por meio do Instituto Reciclando Sons. “O programa utilizou ferramentas digitais para continuar oferecendo os atendimentos e aulas de músicas para os moradores da região”, conta Tomio.

Além disso, o Instituto Bancorbrás também realizou 7 ações durante o ano que colaboraram para diminuir os impactos da pandemia. Ao todo, mais de 8 mil pessoas foram impactadas e mais de R$ 62 mil reais foram arrecadados e doados para instituições sociais. Foram elas: Destino Solidariedade, que realizou a doação de 5 toneladas de alimentos para quatro instituições sociais do Distrito Federal; apoio ao Programa de Voluntariado da SEJUS-DF, que ajudou na confecção de 500 máscaras de proteção ao Covid-19; campanha Doe Amor, realizada internamente para fomentar a prática de doação voluntária de recursos financeiros para uma instituição; aporte financeiro, durante 2 meses, para 3 instituições no DF; Campanha da Boação, realizada em parceria com os Institutos Sabin, Cooperforte e BRB que beneficiou 8 instituições no Brasil; Campanha de Conversão Solidária, que incentivou e ofereceu para os clientes do Clube de Turismo Bancorbrás a opção de converter as suas diárias em cestas básicas para doação; e a Campanha de Natal, que realizou uma rifa solidária e arrecadou recursos financeiros para apoio a duas instituições sociais no Natal.

Com tantas histórias, projetos e ações de sucesso, o Instituto Bancorbrás encerrou o ano atípico de 2020 com resultados positivos. Para Jorge Tomio foi gratificante conseguir ajudar tantas pessoas durante esse período. As expectativas para 2021 não são diferentes. O objetivo é continuar reforçando o compromisso da empresa na promoção do protagonismo e do desenvolvimento social e sustentável da sociedade. “O nosso plano de ação contemplará mais projetos na área de cidadania, que contará com o apoio do Todes!, o comitê de diversidade da Bancorbrás. Mas também continuaremos investindo em educação, saúde e meio ambiente”, finaliza.

Artigo anteriorBrasilienses Piettro, Fiákra e Amaro lançam videoclipe Espírito
Próximo artigoPrincesa Urbana: A moda das Diademas
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.