Inspiradas nas princesas, acessório tem conquistado muitas famosas

Ao mesmo tempo em que são românticas, as Diademas ou Tiaras (como são popularmente conhecidas) voltaram com muito poder e principalmente elegância para o mercado da Moda. Embora seja considerada um acessório básico, elas possuem também versões mais luxuosas e que combinam com qualquer tipo de ocasião.

O item vem conquistando o coração de famosas e influencers como: Nina Secrets, Thássia Naves, Bruna Marquezine, Ariana Grande, Taylor Swifft, Lala Rudge, Danna Paola, entre outras.

Fininhas ou mais grossas, com pedrarias, pérolas, cristais e outros detalhes, as Diademas garantem um toque “princesinha” ao visual.

A empresária Thaís Giraldelli, da Lash House, já era adepta do acessório, mas foi durante a Pandemia que ela teve a ideia de criar a Diademisses, uma loja online no Instagram especializada em Diademas de pedras e pérolas. “Sempre fui uma pessoa muito ativa e quando me vi numa situação em que não podia atender as minhas clientes, decidi começar a fazer. A ideia inicial veio após querer um modelo e achar o valor muito alto, então pensei: por que eu mesma não posso fazer?”, explicou Thaís.

De lá para cá, as vendas da empresária não para de crescer. Agora, com o retorno das atividades, Thaís continua apostando nas vendas do item e garante que faz sucesso com suas clientes: “Chego a vender cerca de dez a quinze peças por dia e esse número não para de crescer”.

As diademas da Diademisses tem modelos variados e exclusivos. Os preços variam de R$90 a R$400. “Uso pedras, cristal swarovski e pérolas verdadeiras para produzir as peças, por isso o valor varia de acordo com o modelo. O nosso produto é considerado uma jóia”, complementou a empresária.

 

Artigo anteriorInstituto Bancorbrás encerra 2020 com resultados positivos
Próximo artigoJaneiro Branco: a importância da saúde mental
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.