Bsb Flash

Online + presencial = Ensino híbrido

O ano de 2020 na educação foi marcado pelo distanciamento social e a maneira rápida com que as escolas de todo o mundo tiveram que se adaptar para garantir um ensino de qualidade para os alunos. Câmeras com microfone para transmissão e captação de áudio dos professores e dos estudantes. Essa é a nova realidade da maioria das escolas no Brasil no retorno às aulas presenciais.

Para garantir a segurança e bem-estar de alunos, professores e colaboradores, o Colégio Sigma, em 2020, adotou o modelo de ensino híbrido. Enquanto uma parte da turma assiste às aulas presenciais, a outra acompanha remotamente, em sincronia. As famílias, junto com os alunos, podem escolher entre permanecer no ensino remoto ou voltar a frequentar as aulas presenciais.

O ensino híbrido vai além da ideia de promover um distanciamento entre os alunos e evitar aglomerações. A metodologia visa potencializar o desenvolvimento do estudante, bem como o processo de aprendizagem, aliando os métodos presenciais com o online.

“Existe uma maior integração com as novas tecnologias e ferramentas para garantir sucesso no aprendizado, além do desenvolvimento de conexões e habilidades sociais e intelectuais, os alunos são protagonistas no seu processo de aprendizagem, o que configura como uma metodologia ativa.

Nada substitui a interação entre os professores e os alunos, mas percebo que ganhamos mais ferramentas para facilitação do aprendizado”, afirma Glaucia Brito, coordenadora pedagógica do Ensino Médio do Colégio Sigma.

O modelo, que já era considerado por especialistas como uma das maiores tendências para educação do século 21, ganhou mais notoriedade com a pandemia e o Sigma conseguiu realizar essa mudança com agilidade.

Liliana Antunes, coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental – Anos Finais, conta que os professores vêm, a cada dia, se reinventando e buscando  meios criativos para auxiliar na aprendizagem dos alunos. “Nós estamos sempre em busca de novas plataformas online que permitam aplicar e revisar os conteúdos que estão sendo estudados em sala de aula, por meio de desafios e situações problemas para que o aluno possa criar suas próprias soluções”, afirma.

Isabella Nogueira, coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, ressalta que rotina e um plano de estudo são essenciais no processo de aprendizado dentro do modelo híbrido. “O principal objetivo é fazer com que o estudante busque pelo conhecimento de forma mais interativa e personalizada em envolvimento com as tecnologias digitais, mediado pelo olhar atento do professor durante todo o processo.”, afirma. “Dessa forma eles terão um aprendizado mais colaborativo e completo”.

Guia de rotina e orientações

Para auxiliar os professores e garantir uma aprendizagem de qualidade para todos os alunos, o Sigma também disponibilizou o Guia de Rotina e Orientações para Colaboradores. O documento conta com diversas dicas para os professores sobre como interagir ao mesmo tempo com o grupo presencial e com o que está em casa, além de passar informações técnicas sobre os equipamentos. “Os nossos professores também estão contando com o apoio de um mediador em sala de aula. Eles ajudam a sanar as dúvidas dos alunos que estão no presencial com os docentes que estão transmitindo aula de casa”, conta Carol Darolt, Diretora Pedagógica da 912 Sul.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

Especialistas abordam temas da área condominial

Ana Tereza Basílio, vice-presidente da OAB-RJ, Rita Cortez, presidente do IAB Nacional, a advogada Wania Baeta, os advogados Antero Parahyba, Arnon Velmobitsky, Miguel Zaim e

Programa idealizado pela Setur-DF leva esperança aos empreendedores e busca impulsionar os atrativos locais e colocar a cidade na rota do turismo   Repleta de

Semana do Índio é comemorada online por conta da pandemia

#  Grupo Walê Fulni-ô teve que se adaptar também aos novos formatos por conta do Covid-19 e faz apresentações a distância para escolas e púbico

Cantucci Osteria cria prato especial para aniversário de Brasília

Na próxima quarta-feira (21), Brasília, a capital do país, completa 61 anos. Apesar de bastante jovem, a cidade é considerada destaque no turismo e ainda

%d blogueiros gostam disto: