Bsb Flash

PDT entra com notícia-crime contra gastos de “supermercado” do governo federal

Carlos Lupi e Ciro Gomes, presidente e vice-presidente nacional do PDT, entraram no Supremo Tribunal Federal (STF) com notícia-crime contra o presidente da República. A ação contra Bolsonaro é pelo escândalo de gastos do Governo Federal , em 2020.

Foram retirados R$ 1,8 bilhão dos cofres públicos para arcar com despesas de “supermercado”, como acusou reportagem do portal Metropoles, no último domingo.

Com base na natureza dos gastos – R$ 2,2 milhões em goma de mascar, R$ 15,5 milhões em leite condensado, R$ 1,5 em rapadura e R$ 6,5 em pó de pudim, por exemplo –, Lupi e Ciro afirmam que Bolsonaro cometeu os crimes de Peculato e Prevaricação, Artigos 312 e 319 do Código Penal.

“Como se vê, o montante de dinheiro público gasto nas aludidas compras não guarda sintonia com a natureza, nem tampouco com a quantidade de pessoas que porventura consumirão os produtos, o que indica a ocorrência de prática criminosa”, diz a ação.

O documento revela, ainda, que o gasto excessivo e suspeito do Governo Federal com compras é ainda mais grave pela situação de crise sanitária que vive o país, a exemplo de Manaus que há semanas sofre com desabastecimento de oxigênio. O texto também acusa a omissão do Executivo no combate à pandemia.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

%d blogueiros gostam disto: