Exposição virtual com Os Tapetes Contadores de Histórias promove visita guiada, sessões de histórias e oficina de formação de contadores de histórias.

A partir de 13 de janeiro nas redes sociais. Grátis

PERALTAGENS é uma mostra virtual do acervo particular do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, com obras feitas de tecido e inspiradas em contos do mundo inteiro e autores renomados. Com uma programação voltada para toda a família, sobretudo o público infanto-juvenil, o evento reúne visita guiada, apresentações artísticas e oficinas de formação de contadores de histórias. Serão realizadas ao todo 33 ações virtuais distribuídas pelas redes sociais do Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias e Instituições Parceiras.

Estreando no formato online – antes a mostra esteve em cartaz na Caixa Cultural Salvador – PERALTAGENS reúne o vasto acervo de cenários de tecido costurados ao longo de 22 anos no Brasil, França e Peru pelo grupo. São tapetes, malas, painéis, maquetes, objetos e livros de pano que servem de cenários para narrativas tradicionais do mundo inteiro, e contos de renomados autores nacionais como Ana Maria Machado, Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos, Ricardo Azevedo e Sérgio Capparelli.

Com duração média de 10 minutos cada, serão realizadas 12 visitas guiadas virtuais, com mostra de acervo e explanação do processo criativo de 22 anos de projeto e grupo Os Tapetes Contadores de Histórias. A publicação das visitas guiadas está dividida em: 05 nas redes sociais do Centro Cultural Laurinda Santos Lobo e 07 nas redes sociais dos Tapetes Contadores.

Serão oferecidas também 20 apresentações artísticas online com o próprio grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, sendo três delas com tradução simultânea para a linguagem de libras. O objetivo desta atividade é compartilhar a excelência do trabalho do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias que, além de ter costurado as obras, é referência na arte de contar histórias com seus belos cenários de tecido.

E, ainda, será realizada 01 oficina online de formação de contadores de histórias. Intitulada ATELIÊ DE HISTÓRIAS, a oficina tem duração total de 12h, distribuídas em 4 encontros de 3 horas, e recebe até 25 participantes. Ministrada pelos coordenadores do grupo e idealizadores do projeto, a oficina será realizada via zoom, exclusivamente para os inscritos.

PERALTAGENS é um projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc – Edital Fomento a Todas as Artes, promovido pela SMC Rio de Janeiro. Realização: Tapetes Contadores de Histórias e Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal. Apoio: Cidade das Artes.

SOBRE O GRUPO OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS

Há 22 anos, o grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias cria e utiliza tapetes, painéis, malas, aventais, roupas, caixas e livros de pano como cenários de contos autorais e populares de origens diversas, a fim de despertar o imaginário de crianças, jovens e adultos para as artes e a leitura.

Referência internacional na pesquisa sobre infância e cultura, oralidade e artes visuais, intersecções entre texto e têxtil, e manifestações plásticas que os povos criam como cenários para suas narrativas, o grupo já se apresentou e ministrou oficinas em várias cidades do Brasil, e em outros países como Austrália, Índia, México, Espanha, Portugal, Benin, Marrocos, Peru, dentre outros.

Coordenado por Warley Goulart, o grupo produz espetáculos, sessões de histórias, oficinas de formação de contadores, exposições interativas e projetos culturais que envolvem oralidade, artes visuais e teatro. São eles: Cadu Cinelli, Warley Goulart, Edison Mego, Rosana Reátegui e Andréa Pinheiro.

Em 2020, o grupo adaptou seus 22 anos de experiência para as plataformas virtuais e participou de mais de 100 lives no Brasil e exterior, narrando em português, inglês e espanhol. Participou de lives na Austrália, Índia, México, Argentina, Peru e Espanha. O diretor do grupo, Warley Goulart, fundou o projeto CADA UM NO SEU QUADRADO, reunindo contadores de histórias de todo país, contemplado pelo ARTE COMO RESPIRO do Itaú Cultural. O grupo também participou, de forma remota, do projeto ARTE DA PALAVRA do Sesc Nacional, maior projeto de literatura do país. Ministrou também inúmeras oficinas pelo Instituto de Leitura Quindim.

 SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO DETALHADA

Links para acesso:

https://www.facebook.com/laurindasantoslobo
https://www.facebook.com/tapetescontadores

12 Visitas Guiadas à Exposição Virtual
Redes Sociais do Centro Cultural Laurinda Santos Lobo: 13, 15, 19, 21, 26 Jan (16h).
Redes Sociais dos Tapetes Contadores: 20, 22, 27, 28, 29 Jan; 03 e 04 Fev (16h).

06 Sessões Abertas para o Público em Geral
Redes Sociais do Centro Cultural Laurinda Santos Lobo: 16, 17, 23, 24, 30 e 31 Jan (sab e dom, 11h).

11 Sessões para Escolas e ONGs (evento restrito)

Redes Sociais das Instituições Parceiras: 14, 19, 21, 26 e 28 Jan.  02 e 04 Fev. (10h e 14h).

03 Sessões para Instituições, com Intérprete de Libras
Redes Sociais das Instituições Parceiras: 21 e 28 Jan.04 Fev. (quintas, 14h).

 

FICHA TÉCNICA
Coordenação Geral e Curadoria
: Warley Goulart | Ações Artísticas e Acervo Exclusivo: Os Tapetes Contadores de Histórias (RJ, Brasil) | Contadores de Histórias: Cadu Cinelli, Rosana Reátegui e Warley Goulart | Programação Visual: Rodrigo Menezes | Fotos: Renato Mangolin e Flávio Salgado | Vídeos: Flávio Salgado | Assessoria de Imprensa: Target Assessoria de Comunicação | Assistente de Produção: Manoel Gonçalves | Direção de Produção e Produção Executiva: Caleidoscópio Cultural | Apoio: Cidade das Artes

Site: https://www.tapetescontadores.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/tapetescontadores
Youtube: https://www.youtube.com/user/tapetescontadores

Artigo anteriorG7 apresenta a comédia Autoajude-se
Próximo artigoAno novo, casa nova: consórcio é opção para quem quer realizar o sonho da casa própria
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.