pílulas anticovid são autorizadas para tratar população

A princípio, os Estados Unidos devem ser o maior comprador desses tratamentos, que serão oferecidos exclusivamente pelas companhias farmacêuticas Pfizer e Merck. O mercado especula que o faturamento estimado deve chegar a US$ 19,5 bilhões com a venda das novas pílulas antivirais contra a covid-19 em 2022. Essa é a previsão da consultoria de dados de saúde Airfinity, de Londres. A projeção é que o laboratório americano Pfizer domine o mercado com vendas da pílula Paxlovid, a primeira autorizada. A alemã, Merckcom com o comprimido Molnupiravir, vem
conquistando espaço nos tratamentos. As estimativas levam em conta a proporção de casos esperados para receber o antiviral em cada país.  As vendas antecipadas já atingem 56% da produção da Pfizer e 25% da Merck para 2022.

Paxlovid
A pílula Paxlovid foi autorizada pela agência regulatória norte-americana, para pessoas com sintomas leves e moderados e em risco crescente de desenvolver doença grave. O medicamento, desenvolvido pela Pfizer, poderá ser utilizado em pacientes com 12 anos de idade, ou mais, que podem ser atingidos gravemente por serem mais velhos ou por terem vulnerabilidades como obesidade ou diabetes, vacinados ou não.

Molnupiravir
O Molnupiravir, da Merck, foi a segunda pílula anticovid autorizada. A decisão da agência mostra que essa pílula é apenas modestamente eficaz, mas ajuda adultos vulneráveis sob risco de ficarem gravemente doentes e para quem as opções alternativas de tratamento não são “acessíveis ou clinicamente apropriadas”.

Colaborou: Kelly Brasil

Com Informações: Revista Oeste

Vinkmag ad

Isabel Almeida

A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio. Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal, e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.

Read Previous

Anitta e Colcci agitam primeira noite de festas do Réveillon Nº1

Leia a seguir

Dennis DJ coloca público para dançar na segunda noite de festas do Réveillon Nº1

janeiro 20, 2022