Bsb Flash

Reino da Arábia saudita reconhece diretos dos trabalhadores voluntários

Reino da Arábia saudita pode ser um exemplo ao reconhecer os diretos dos trabalhadores voluntários.

A visão do Reino 2030 tende a valorizar o trabalho voluntário, devido à importância de seu papel na sociedade e no enriquecimento do país com diversas conquistas.

O Governo Saudita oferece todos os meios e condições para facilitar e estimular o trabalho voluntário e contribui para a conscientização dos direitos ao voluntariado, seja do voluntário, ou da entidade voluntária.

Num esforço para organizar e desenvolver o trabalho voluntário, difundir a cultura do trabalho voluntário e valorizar os valores nacionais e a capacidades do indivíduo, o Conselho de Ministros reconheceu em 22/01/2020, o sistema de trabalho voluntário detalhando os direitos de ambas as partes (o voluntário e a entidade voluntária).

Em primeiro lugar, o sistema define o trabalho voluntário, e esclarece que deve ser sem fins lucrativos, seja público ou privado. Em seguida, no artigo 9º do sistema, afirma-se que o voluntário tem o direito de praticar o trabalho meio da formação de uma equipe ,após ser cadastrado e aprovado pelo órgão beneficiário.

 

O voluntário também tem o direito de obter os seguintes benefícios:

O treinamento necessário em seu área de voluntariado.
Dispositivos, ferramentas e roupas necessárias para o trabalho voluntário.
Acomodação, transporte, bem como moradia, se o trabalho voluntário for longe de sua residência.
Tratamento necessário caso venha a sofrer alguma lesão durante o treinamento ou trabalho voluntário, ou durante as idas e voltas de e para o local do trabalho voluntário.

Um cartão de identificação emitido pelo beneficiário

Um certificado de voluntariado e experiência, emitido pelo beneficiário, que inclua o tipo de trabalho voluntário realizado, a sua duração, horas de trabalho voluntário e uma descrição da experiência adquirida com o mesmo.
Por outro lado, o beneficiário tem direitos a serem respeitados pelo voluntário que, em geral, são:

Mostrar a moral e a ética exigidas pelo trabalho voluntário que escolheu

Realizar o trabalho voluntário com honestidade e integridade de acordo com os requisitos, princípios e objetivos do trabalho voluntário, bem como os regulamentos, normas e instruções relativos à área do voluntariado.
Seguir os regulamentos, instruções e controles exigidos pela parte beneficiária durante seu trabalho voluntário.

Preservando todo o partimônio que lhe foi confiado, em todas as suas formas e devolvendo-o ao beneficiário. Observar as medidas de segurança e proteção dos trabalhadores no trabalho voluntário, se o trabalho for de campo, em coordenação com a parte beneficiária.

Respeitar o sigilo relacionado ao seu trabalho voluntário durante ou após seu término.

Não divulgar ou fazer quaisquer declarações contendo informações a qualquer meio de comunicação sem obter autorização do responsável pela parte beneficiária, podendo o beneficiário tomar as medidas necessárias para garantir que o voluntário cumpra os requisitos e princípios do trabalho voluntário.

Além disso, o sistema garante ao voluntário o direito a uma homenagem anual de acordo com o Artigo Treze (13): O beneficiário pode homenagear os voluntários anualmente em eventos nacionais ou internacionais, e o chefe da organização beneficiária pode conceder ao voluntário o que considerar adequado em termos de incentivos morais.

Entre os direitos mais importantes estipulados por lei, no intuito de controlar e fiscalizar a exploração dos esforços dos voluntários por organizações sem fins lucrativos, temos o Artigo 15 do sistema:

Os estabelecimentos do setor privado não podem se beneficiar dos esforços dos voluntários no caso de retorno de lucro direto ou indireto para suas instituições e / ou instalações.

Nesse país que promove o voluntariado de indivíduos, grupos, instituições civis e governamentais, é importante valorizar , voluntários e voluntárias, que trabalham juntos em vários campos e áreas, considerando que número dos voluntários no Reino da Arábia Saudita ultrapassou 190.000 no ano de 2019, com uma média de 19.000.000 de horas trabalhadas , rumo à Visão Nacional 2030 para alcançar um milhão de trabalhadores deste ramo até 2030.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

Café com Lupi

Brizola Neto é o convidado do Café com Lupi deste sábado

Coordenador de Trabalho e Renda da Prefeitura de Niterói, o ex-deputado federal e ex-ministro do Trabalho Brizola Neto é um dos convidados do Café com

II Bibliofest oferece oficinas culturais gratuitas

Evento da ABDF vai debater a Agenda 2030 da ONU/IFLA em bate-papos literários e oficinas para todas as idades.  Linguagens culturais diversificadas e inspiradas nos

Ana Tereza Basílio

Comissão de Direito da Moda da OAB-RJ promove encontro virtual

Presidida por Deborah Portilho, a Comissão de Direito da Moda da OAB-RJ vai promover nesta sexta (dia 23 de abril) encontro virtual, das 9 h

Lucas Bezerra constrói ponte entre sertão e litoral no EP “Transito”, com participação especial de Juliana Linhares

Disco é um lançamento do selo Cantores del Mundo Natural de Crato, no sertão do Ceará, e atualmente radicado no Rio de Janeiro, o cantor

%d blogueiros gostam disto: