Bsb Flash

Rio tem o metro quadrado mais caro do Brasil.

Apesar de ter tido o aumento de apenas 1,6% no preço dos imóveis, em 2020 ( os preços subiram menos do que outras capitais do país), o Rio de Janeiro continua , em 2021, com o metro quadrado mais caro do Brasil.

De acordo com Claudio Castro, diretor da Sergio Castro Imóveis e presidente do Diário do Rio, os dados são do Índice Fipe Zap, que acompanha os índices médios de locações
de imóveis residenciais e comerciais em diversas cidades.

“O Rio de Janeiro é o coração cultural do país e seu mercado imobiliário voltou a avançar a partir de agosto de 2020. O índice de velocidade de vendas aumentou. A previsão é a de que em 2021 aconteça uma maior valorização nos imóveis, principalmente na região central da cidade” disse Claudio Castro.

O empresário acrescentou que os juros baixos e as excelentes condições que o mercado imobiliário tem oferecido para financiar imóveis novos e usados fazem com que os investidores procurem comprar imóveis para alugar. Pois, os aluguéis rendem mais que os investimentos bancários.

No Brasil, o FipeZap aponta o Rio de Janeiro como o metro quadrado mais caro do país, seguido de São Paulo e Brasília, respectivamente.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

Unyleya oferece bolsas com até 61% de desconto para celebrar o aniversário de Brasília

Ação contempla a doação de cestas básicas para os projetos Educamar e Instituto Doando Vida No próximo dia 21 de abril, Brasília completa 61 anos.

Especialistas abordam temas da área condominial

Ana Tereza Basílio, vice-presidente da OAB-RJ, Rita Cortez, presidente do IAB Nacional, a advogada Wania Baeta, os advogados Antero Parahyba, Arnon Velmobitsky, Miguel Zaim e

Trio de Ouro reestreia na Casa Julieta de Serpa

Está de volta à Casa Julieta de Serpa o Chá Musical Trio de Ouro, dirigido por Carlos Alberto Serpa, com figurinos de Beth Serpa, arranjos

Semana do Índio é comemorada online por conta da pandemia

#  Grupo Walê Fulni-ô teve que se adaptar também aos novos formatos por conta do Covid-19 e faz apresentações a distância para escolas e púbico

%d blogueiros gostam disto: