Claudio, na foto com a esposa, Bruna Castro, no Forte de Santa Bárbara, na Colômbia, onde o casal passará o Natal e o réveillon.

A partir de setembro de 2020, apesar da pandemia, as vendas de imóveis residenciais aumentaram e bateram recordes. Mas, entre março e agosto, o isolamento social ” travou o mercado “- disse Claudio Castro, diretor da Sergio Castro Imóveis e presidente do Diário do Rio.

Em balanço sobre a situação do mercado imobiliário esse ano, o empresário afirmou:
” No comercial, ainda dependemos demais do retorno das empresas e do funcionalismo público ao trabalho presencial.

Mas, a cidade chegará a 2021 com otimismo. As novas autoridades, que vão tomar posse em janeiro, já demonstraram que têm planos concretos para o Rio de Janeiro. O mercado imobiliário está otimista ” – disse o empresário.