Bsb Flash

Bibliotecas da Secec reabrem com sistema drive thru

Texto: Loane Bernardo. Edição: Sérgio Maggio (Ascom/Secec)

Depois de quase um ano fechadas, em razão da pandemia da Covid-19, a Biblioteca Nacional de Brasília (BNB) e a Biblioteca Pública de Brasília iniciam processo responsável de reabertura. A partir da segunda-feira (22.02), passam a atender o público por sistema de drive-thru. Nessa primeira fase, os equipamentos culturais regidos pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) dispõe o serviço de devolução do acervo emprestado antes de 17 de março de 2020, sem a cobrança de qualquer penalidade para os usuários.

“Essa é uma primeira fase. O próximo passo é o retorno aos empréstimos”, revela a diretora da Biblioteca Nacional de Brasília (BNB), Elisa Raquel Oliveira.

Seguindo os protocolos de Medidas Preventivas para a COVID-19, o mutirão de recolhimento ocorrerá por um período de 30 dias, de segunda-feira a sexta-feira, por intermédio de uma tenda acomodada em frente à porta principal da Biblioteca Nacional e no portão da entrada de serviço do estacionamento da Biblioteca Pública de Brasília (entrequadras 312/313 Sul).

“Com bastante cautela, estamos voltando com os serviços públicos destes equipamentos tão cruciais para a formação do conhecimento do brasiliense”, destaca o secretário Bartolomeu Rodrigues.

INVENTÁRIO EM AÇÃO

Com a expectativa de recolher quase cinco mil empréstimos realizados no início de 2020, os servidores responsáveis pelo acervo das duas bibliotecas atuarão com o apoio do quadro da segurança e colaboradores da limpeza e conservação dos espaços culturais. Durante o mutirão, toda a equipe usará os Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs).

Após a devolução, as obras recolhidas passarão por higienização e por um período de isolamento, sendo acomodadas em local arejado em estante isolada dos demais livros do acervo literário. Os usuários que devolverem os livros deverão aguardar o comprovante de devolução, após o período de 10 dias, prazo mínimo recomendado para a quarentena.

Elisa Raquel (foto) explica que o drive thru surgiu da necessidade de concluir o inventário do espaço, principalmente para poder retomar os empréstimos e renovações de livros, além de manter o vínculo entre usuário e biblioteca.

“Atualmente, há 3.245 itens bibliográficos do acervo emprestados. Todas as medidas sanitárias e observância ao protocolo de medidas preventivas contra o COVID-19 da BNB serão adotadas, para manter em segurança dos servidores e do público”, destacou.

RESPOSTA À COMUNIDADE 

Sheila Gualberto, gerente da Biblioteca Pública de Brasília, considera prudente a iniciativa, em momento em que a sociedade necessita de uma resposta quanto à continuidade de serviços importantes oferecidos pelas bibliotecas públicas.

“É de suma importância darmos esse retorno à sociedade, uma vez que esse livros fazem parte do acervo das bibliotecas, onde serão recebidos e acondicionados devidamente, para posteriormente num segundo momento estarem novamente disponíveis para empréstimo”, arrematou.

Usuários da Biblioteca Nacional de Brasília

Local de recebimento: Rotatória de frente a Entrada da Biblioteca Nacional de Brasília

Horário de atendimento: 09h às 17h.

Usuários da Biblioteca Pública de Brasília, entrequadras 312/313 sul:

Local de recebimento: Portão de estacionamento da BPB

Horário de atendimento: 09h às 17h.

 

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Atualizações Recentes

De forma divertida, filhos comandam as redes sociais de Nanah durante a gravação do reality Ilha Record

A cantora, que também é influencer e empresária, deixou os filhos tomarem conta do seu Instagram durante o confinamento Desde que se popularizaram os reality

Doença Falciforme afeta 7 milhões de brasileiros e metade da população diz desconhecer a doença

O Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme é celebrado em 19 de junho para trazer conhecimento sobre o caso 47% da população diz

“Mundo Diferente”: mesmo escrita antes da Pandemia, música tem letra que retrata momento atual

Uma música que começou a ser escrita há alguns anos e finalizada uma semana antes da Pandemia Mundial do Coronavírus, tem muito a ver com

Kamaizar Lidera em App Palco MP3 como um dos mais baixado em MG

De origem humilde e da cidade de Curvelo no interior do estado de Minas Gerais, localizada há cerca de 168 km de Belo Horizonte, nasceu

%d blogueiros gostam disto: