Programa oferece oportunidade para jovens de baixa renda se candidatarem a bolsas para fazer graduação em universidades nos EUA Brasília, 17 de novembro de 2020: O Departamento de Estado dos Estados Unidos e a rede de escritórios de orientação acadêmica EducationUSA abrem hoje o período de inscrições para o Programa “Oportunidades Acadêmicas”, que visa apoiar estudantes qualificados provenientes de famílias de baixa renda no processo de candidatura a programas de graduação e pós-graduação nos Estados Unidos. O programa tem como objetivo auxiliar brasileiros a conseguirem bolsas de estudos em universidades americanas e oferece acompanhamento acadêmico durante todo o processo de candidatura, além de cobrir custos do processo de candidatura como: material de estudo, taxas de inscrição para as provas exigidas, transporte e acomodação quando necessários para realização das provas, taxas de inscrição das universidades, tradução e envio de documentos. Os interessados em saber mais sobre o programa poderão assistir a um vídeo pela página do Facebook do EducationUSA. Além disso, os interessados poderão obter informações complementares no hotsite do programa. Comemoração da Semana Internacional da Educação A Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil celebrará a Semana Internacional da Educação, de 16 a 20 de novembro, com várias iniciativas e oportunidades para que os estudantes brasileiros saibam mais sobre estudos nos Estados Unidos. O EducationUSA sediará uma série de eventos virtuais que cobrirão diversos temas relacionados ao processo de admissão em universidades americanas, como o International Education Week Business Showcase, duas sessões distintas com representantes de escolas de negócios e administração nos dias 17 de novembro, das 18h às 20h e 19 de novembro, das 18h às 20h para a Graduação e dia 21 de novembro as 12h para o Mestrado. Além desses eventos, os orientadores educacionais do EducationUSA no Brasil estão realizando suas atividades de orientação de maneira 100% virtual, por meio do Plantão EducationUSA, sessões diárias de orientação em que os interessados podem obter informações relacionadas ao processo de admissão em universidades e faculdades americanas. A programação completa de eventos encontra-se no site oficial do EducationUSA Brasil. Interessados podem obter mais informações pelos sites http://EducationUSA.state.gov Facebook.com/EducationUSABR e Instagram.com/EducationUSABR. O embaixador Todd Chapman destacou a importância do estudo internacional para a Missão dos EUA no Brasil e reconhece que a pandemia da COVID-19 impôs uma série de dificuldades à busca de oportunidades de ensino nos Estados Unidos. Ainda assim, ele ressalta que a rede EducationUSA se adaptou para continuar oferecendo seus serviços de orientação aos brasileiros interessados em estudar nos EUA. “Estamos disponibilizando recursos através dos 40 centros de assessoria do EducationUSA no Brasil para ajudar os alunos a se conectarem com as universidades. Em 2019 nossa rede organizou 497 visitas de universidades dos Estados Unidos e alcançou mais de 300 mil alunos pessoalmente e mais de um milhão através da divulgação virtual”.   Resultados do relatório Open Doors no Brasil De acordo com o Relatório Open Doors de 2020, Divulgado hoje pelo IIE e pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado dos EUA, o Brasil manteve-se como o 9º país no mundo a enviar estudantes para os Estados Unidos, aumentando em 3,8% entre os anos letivos terminando em 2019 e 2020. Os números do Open Doors no Brasil são fortalecidos pelo aumento do número de centros de orientação EducationUSA, que agora chegam a 40 centros em todo o Brasil, a maior rede EducationUSA do mundo. O número de diplomas de ensino médio duplo em escolas brasileiras em parceria com escolas americanas, modalidade em que os alunos recebem diplomas de ensino médio do Brasil e dos Estados Unidos nas principais cidades do país também está aumentando. Essa tendência tem contribuído para aumentar o número de estudantes brasileiros que se inscrevem em cursos de graduação nos EUA, 5,6%. Novos programas preparatórios também estão chegando às escolas de ensino médio brasileiras, onde os estudantes se formarão com créditos de ensino superior dos EUA. O relatório Open Doors indica que os Estados Unidos continuam sendo o principal destino de estudantes internacionais no mundo. Pelo quinto ano consecutivo, os Estados Unidos receberam mais de um milhão de estudantes internacionais de todo o mundo. Segundo dados do Departamento de Comércio, estudantes internacionais contribuem com mais de US$ 44 bilhões. O número de estudantes americanos estudando no exterior também subiu aproximadamente 2%, atingindo o recorde de 347.099 alunos. Os países que mais enviam estudantes internacionais aos EUA China, Índia, Coréia do Sul, Arábia Saudita, Canadá, Vietnã, Taiwan, Japão, Brasil e México são os países que mais enviaram estudantes internacionais aos Estados Unidos. As cinco universidades que mais receberam estudantes internacionais foram: New York University, Northeastern University, University of Southern California, University of Illinois at Urbana/Champaign, and Arizona State University. Sobre o Open Doors O Open Doors é publicado pelo Instituto de Educação Internacional (IIE), que colabora com uma série de parceiros, como empresas, governos e fundações em todo o mundo para projetar e gerenciar bolsas de estudo, estudo no exterior, treinamento da força de trabalho e programas de desenvolvimento de liderança. O Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais (ECA) do Departamento de Estado dos EUA constrói relações entre o povo dos Estados Unidos e os povos de outros países por meio de intercâmbios acadêmicos, culturais, esportivos, profissionais e do setor privado, bem como de parcerias público-privadas e programas de orientação. EducationUSA é uma rede do Departamento de Estado com mais de 400 centros de orientação de estudantes internacionais em mais de 170 países. No Brasil, existem 40 centros de orientação EducationUSA disponíveis em todo o país. A rede promove o ensino superior americano para os estudantes, oferecendo informações precisas, abrangentes e atuais sobre as oportunidades de estudar em instituições de ensino superior credenciadas nos Estados Unidos. Mais informações sobre o Open Doors em: http://iie.org/opendoors. Contatos de Imprensa Embaixada dos EUA em Brasília, ImprensaBrasilia@state.gov IIE, Sharon Witherell, switherell@iie.org Escritório de Educação e Assuntos Culturais do Departamento de Estado , ECA-Press@state.gov Siga embaixador Chapman no Twitter @USAmbBR. As informações são atualizadas regularmente em nosso site. As nossas contas do Twitter, Facebook, Instagram e Flickr também fornecem atualizações regulares.

Programa oferece oportunidade para jovens de baixa renda se candidatarem  

a bolsas para fazer graduação em universidades nos EUA 

 Brasília, 17 de novembro de 2020: O Departamento de Estado dos Estados Unidos e a rede de escritórios de orientação acadêmica EducationUSA abrem hoje o período de inscrições para o Programa “Oportunidades Acadêmicas”, que visa apoiar estudantes qualificados provenientes de famílias de  baixa  renda no  processo  de  candidatura   programas  de graduação e pós-graduação nos Estados Unidos. O programa tem como objetivo auxiliar brasileiros a conseguirem bolsas   de estudos em universidades americanas e oferece acompanhamento acadêmico durante todo o processo de candidatura, além de cobrir custos do processo de candidatura como: material de estudo, taxas de inscrição para as provas exigidas, transporte e acomodação quando necessários para realização das provas, taxas de inscrição das universidades, tradução e envio de documentos. 

Os interessados em saber mais sobre o programa poderão assistir a um vídeo pela página do Facebook do EducationUSA. Além disso, os interessados poderão obter informações complementares no hotsite do programa. 

Comemoração da Semana Internacional da Educação  

A Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil celebrará a Semana Internacional da Educação, de 16 a 20 de novembro, com várias iniciativas e oportunidades para que os estudantes brasileiros saibam mais sobre estudos nos Estados Unidos.  O EducationUSA sediará uma série de eventos virtuais que cobrirão diversos temas relacionados ao processo de admissão em universidades americanas, como o International Education Week Business Showcase, duas sessões distintas com representantes de escolas de negócios e administração nos dias 17 de novembro, das 18h às 20h e 19 de novembro, das 18h às 20h para a Graduação e dia 21 de novembro as 12h para o Mestrado. Além desses eventos, os orientadores educacionais do EducationUSA no Brasil estão realizando suas atividades de orientação de maneira 100% virtual, por meio do Plantão EducationUSA, sessões diárias de orientação em que os interessados podem obter informações relacionadas ao processo de admissão em universidades e faculdades americanas. A programação completa de eventos encontra-se no site oficial do EducationUSA Brasil. Interessados podem obter mais informações pelos sites http://EducationUSA.state.gov  Facebook.com/EducationUSABR  e Instagram.com/EducationUSABR 

O embaixador Todd Chapman destacou a importância do estudo internacional para a Missão dos EUA no Brasil e reconhece que a pandemia da COVID-19 impôs uma série de dificuldades à busca de oportunidades de ensino nos Estados Unidos. Ainda assim, ele ressalta que a rede EducationUSA se adaptou para continuar oferecendo seus serviços de orientação aos brasileiros interessados em estudar nos EUA. “Estamos disponibilizando recursos através dos 40 centros de assessoria do EducationUSA no Brasil para ajudar os alunos a se conectarem com as universidades. Em 2019 nossa rede organizou 497 visitas de universidades dos Estados Unidos e alcançou mais de 300 mil alunos pessoalmente e mais de um milhão através da divulgação virtual”.     

Resultados do relatório Open Doors no Brasil 

De acordo com o Relatório Open Doors de 2020, Divulgado hoje pelo IIE e pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado dos EUA, o Brasil manteve-se como o 9º país no mundo a enviar estudantes para os Estados Unidos, aumentando em 3,8% entre os anos letivos terminando em 2019 e 2020.   

Os números do Open Doors no Brasil são fortalecidos pelo aumento do número de centros de orientação EducationUSA, que agora chegam a 40 centros em todo o Brasil, a maior rede EducationUSA do mundo.  O número de diplomas de ensino médio duplo em escolas brasileiras em parceria com escolas americanas, modalidade em que os alunos recebem diplomas de ensino médio do Brasil e dos Estados Unidos nas principais cidades do país também está aumentando. Essa tendência tem contribuído para aumentar o número de estudantes brasileiros que se inscrevem em cursos de graduação nos EUA, 5,6%. Novos programas preparatórios também estão chegando às escolas de ensino médio brasileiras, onde os estudantes se formarão com créditos de ensino superior dos EUA.  

O relatório Open Doors indica que os Estados Unidos continuam sendo o principal destino de estudantes internacionais no mundo. Pelo quinto ano consecutivo, os Estados Unidos receberam mais de um milhão de estudantes internacionais de todo o mundo. Segundo dados do Departamento de Comércio, estudantes internacionais contribuem com mais de US$ 44 bilhões. O número de estudantes americanos estudando no exterior também subiu aproximadamente 2%, atingindo o recorde de 347.099 alunos. 

 Os países que mais enviam estudantes internacionais aos EUA 

 China, Índia, Coréia do Sul, Arábia Saudita, Canadá, Vietnã, Taiwan, Japão, Brasil e México são os países que mais enviaram estudantes internacionais aos Estados Unidos. As cinco universidades que mais receberam estudantes internacionais foram: New York University, Northeastern University, University of Southern California, University of Illinois at Urbana/Champaign, and Arizona State University.

Sobre o Open Doors 

 Open Doors é publicado pelo Instituto de Educação Internacional (IIE), que colabora com uma série de parceiros, como empresas, governos e fundações em todo o mundo para projetar e gerenciar bolsas de estudo, estudo no exterior, treinamento da força de trabalho e programas de desenvolvimento de liderança.  O Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais (ECA) do Departamento de Estado dos EUA constrói relações entre o povo dos Estados Unidos e os povos de outros países por meio de intercâmbios acadêmicos, culturais, esportivos, profissionais e do setor privado, bem como de parcerias público-privadas e programas de orientação.  EducationUSA é uma rede do Departamento de Estado com mais de 400 centros de orientação de estudantes internacionais em mais de 170 países. No Brasil, existem 40 centros de orientação EducationUSA disponíveis em todo o país.  A rede promove o ensino superior americano para os estudantes, oferecendo informações precisas, abrangentes e atuais sobre as oportunidades de estudar em instituições de ensino superior credenciadas nos Estados Unidos.  Mais informações sobre o Open Doors em: http://iie.org/opendoors. 

 Contatos de Imprensa 

Embaixada dos EUA em Brasília, ImprensaBrasilia@state.gov   

IIE, Sharon Witherell, switherell@iie.org

Escritório de Educação e Assuntos Culturais do Departamento de Estado , ECA-Press@state.gov 

 Siga embaixador Chapman no Twitter @USAmbBR. As informações são atualizadas regularmente em nosso site. As nossas contas do TwitterFacebookInstagram e Flickr também fornecem atualizações regulares.