Em entrevista à revista do IBDFAM, em encontro promovido pela entidade, o advogado Paulo Lins e Silva afirmou que “ao contrário das décadas anteriores, em que o Brasil foi um exemplo de evolução, copiado pelo mundo inteiro como referência nas leis, hoje nos deparamos com a omissão do Congresso, integrado na maioria das vezes por representantes do falso puritanismo.
O país involuiu. Vivemos um triste momento no Direito de Família.  Com ameaças ao que já foi conquistado por legisladores como o senador Nelson Carneiro ( criador da Lei do Divórcio, aprovada em 1977) e o ex-deputado federal Sergio Barradas Carneiro ( atualmente trabalha como advogado e é ligado ao Partido Verde, criador do Estatuto das Famílias de 2009, que reúne em legislação única todos os direitos referentes às novas relações familiares, como união estável, união  homoafetiva, etc.)
De acordo com o advogado, o Brasil atual voltou a ser perseguido pelo conservadorismo que existiu nos anos 60, “quando jovens se casavam virgens e os casais tinham suas vidas pressionadas por questões culturais, religiosas e inspiradas pela orientação educacional de suas famílias “.
Artigo anteriorCasa de Laranjeiras da Sergio Castro Imóveis terá mostra sobre o Mercado Imobiliário.
Próximo artigoSurf Sessions faz show no Rústico Premium Grill
Avatar
A jornalista Isabel Almeida, trabalha atualmente na Embrapa, é editora do site bsbflash, youtuber do canal Flash Brasília e escreve em diversos sites como: colunista do jornal Alô Brasília. Natural de Brasília, já trabalhou em diversos órgãos do DF, como na Secretaria de Educação; na Administração Regional do Gama; na Secretaria de Saúde, na Câmara Distrital, e também em GO, na prefeitura de Valparaíso, na gestão de José Valdécio . Atuou também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia- Confea, foi editora da revista Fala Prefeito; e colunista da revista AC/DF e colunista do site AIB News do Rio de Janeiro. Desde 2010 é vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil e Portugal,e em 2016, foi nomeada presidente do Conselho comunitário do Octogonal e Sudoeste.